Detran.SP alerta: calendário obrigatório de licenciamento veicular começa em abril


  • A partir de agora, cada mês um final de placa deve ser licenciado;
  • Documento custa R$ 87,38 e por mais R$ 11 pode ser entregue em casa.

Texto e fotos: Detran.SP

O Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP) alerta que neste mês de abril tem início o calendário obrigatório de licenciamento 2018 para os veículos registrados no Estado. A partir de agora, a cada mês um final de placa deve ser licenciado para circular. Em abril, são os donos dos automóveis com placa terminada em 1 que devem regularizar a documentação até o dia 30/4.


O valor do licenciamento neste ano é de R$ 87,38, independentemente do tipo de veículo. Quem quiser receber o documento em casa tem de pagar R$ 11 a mais. O motorista que já fez o licenciamento de 2018 antecipadamente, ao quitar o IPVA entre os meses de janeiro e março, não precisará licenciar de novo.
Atualmente, existem mais de 29 milhões de veículos registrados no Estado de São Paulo. Para rodar, todos precisam estar com o licenciamento em dia, não importa em qual ano foi fabricado. O cronograma vai até dezembro, conforme tabela abaixo:

Calendário obrigatório de licenciamento 2018


Todos os veículos, exceto caminhões


Final de placa


Mês obrigatório


1


Abril


2


Maio


3


Junho


4


Julho


5 e 6


Agosto


7


Setembro


8


Outubro


9


Novembro


0


Dezembro


Veículos registrados como caminhão


1 e 2


Setembro


3, 4 e 5


Outubro


6, 7 e 8


Novembro


9 e 0


Dezembro

Conduzir veículo que não esteja devidamente licenciado é infração gravíssima, prevista no Código de Trânsito Brasileiro (CTB), e gera multa de R$ 293,47, sete pontos na habilitação do proprietário e remoção do bem ao pátio.
“O Detran oferece uma comodidade para o motorista, que é o envio de alerta de vencimento do licenciamento. Quem quiser ser lembrado 30 dias antes é só cadastrar o celular no portal detran.sp.gov.br e autorizar receber o aviso via SMS ou notificação push por meio do aplicativo do Detran para smartphones. Nosso objetivo é facilitar a vida das pessoas”, ressalta Maxwell Vieira, diretor-presidente do Detran.SP.
Pagar o licenciamento em atraso gera a cobrança de multa e juros de mora. Caso não seja feito, o dono do veículo pode ter o nome inscrito no Cadastro Informativo dos Créditos não Quitados (Cadin) e na dívida ativa do Estado pelo débito em aberto.

Como licenciar
Não é necessário ir às unidades do Detran.SP ou imprimir boleto para pagar o licenciamento, que custa R$ 87,38 para todo tipo de veículo. Basta informar o número do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam) ao caixa bancário ou selecionar essa opção nos terminais eletrônicos das agências ou no internet banking. É preciso quitar possíveis débitos de IPVA, seguro obrigatório e multas, por exemplo.
Para receber o documento em casa, é só pagar mais R$ 11 do custo de envio pelos Correios. O motorista pode acompanhar a entrega do documento pelo portal www.detran.sp.gov.br, em “Serviços Online”. O licenciamento também pode ser feito presencialmente nas unidades do Detran.SP ou nos postos Poupatempo.
O passo a passo pode ser consultado no portal do departamento, na área “Veículos”. O portal do Detran.SP também traz uma série de respostas para dúvidas frequentes relacionadas ao licenciamento. A consulta pode ser feita nesse LINK.
Eduardo Abbas. Tecnologia do Blogger.