FÓRMULA 1: Lewis Hamilton faz o tempo mais rápido com pneus Ultrasoft e Soft


  • Lewis Hamilton faz o tempo mais rápido do dia com a Mercedes nos dois treinos livres usando os pneus Ultrasoft e Soft;
  • Clima teve condições amenas após chuvas noturnas, a mesma forma é esperada para o restante do fim de semana;
  • Intervalo de desempenho entre os três compostos disponíveis foi apertado na pista com tempo de volta mais curto do ano.

Texto e fotos: Pirelli

Uma volta curta, poucas curvas e muito tempo em plena aceleração. A pista do Red Bull Ring tende a reduzir o intervalo de desempenho entre os carros, o que significa que é importante acertar todos os detalhes para fazer a diferença. Este foi o caso durante as duas sessões de treinos livres realizadas em condições frias e nubladas, com temperaturas semelhantes previstas para o restante do fim de semana. Após a chuva que caiu no local durante a noite, os pilotos usaram somente os pneus para condição seca, com todos os três compostos disponíveis sendo utilizados. O piloto da Mercedes, Lewis Hamilton, foi o mais rápido durante a sessão realizada pela manhã com o pneu Ultrasoft, porém com mais borracha na pista durante a tarde, ele foi capaz de superar a marca anterior usando o composto Soft.


Mario Isola, gerente mundial de Motorsport da Pirelli: "As diferenças de desempenho entre os três compostos aqui são muito pequenas, como é de se esperar em uma pista tão curta, onde os carros estão muito próximos uns dos outros. Isto significa, claro, que conta o mais ínfimo detalhe e as equipes têm se esforçado para acertar os carros da melhor forma possível. As condições frias e a chuva da noite de ontem também contribuíram para um elevado grau de evolução do asfalto, com alguns pilotos tendo, inclusive, escapado da pista. Como é frequentemente o caso aqui, alguns pilotos acabaram vítimas das zebras também. Adaptar os carros para a temperatura da pista tem sido uma parte fundamental do trabalho em conjunto com a habitual avaliação dos pneus em condições com pouco ou muito combustível. Com tudo tão finamente equilibrado, a estratégia pode fazer uma diferença importante, por isso as equipes irão estudar os dados de hoje com cuidado particular”.

*Os números acima dão o total de quilômetros percorridos durante os dois treinos livres com todos os pilotos combinados.
** Por composto, todos os pilotos combinados.

Pressões mínimas para a largada e limites de cambagem
Eduardo Abbas. Tecnologia do Blogger.