LANÇAMENTO: T40, a JAC Motors de volta à briga

O segmento de SUV é a menina dos olhos das montadoras e agora começa a ganhar contornos interessantes com a chegada do novo modelo da montadora chinesa

Texto: Eduardo Abbas
Fotos: Claudio Laranjeira / JAC Motors

2017 está se tornando um ano muito interessante, na briga por um lugar no mercado, as montadoras investem pesado no segmento que promete ser urbano, esportivo e off - road ao mesmo tempo, alguns são “arranjados” outros modificados, poucos são aqueles que já nascem com essa característica e para esse fim, a grande maioria tem irmãos menos metidos, na verdade são projetos de hatchs que viram SUVs trocando rodas, colocando frisos e deixando os pára-lamas mais, digamos, “bombados”.


Eu fui convidado para conhecer o JAC T40, o novo modelo da montadora chinesa e que deveria ter uma história gloriosa no Brasil por alguns motivos:
  1. o seu projeto foi bancado pelo Sergio Habib, dono do Grupo SHC e representante da marca por aqui;
  2. seria o primeiro modelo da montadora fabricado fora da China, aqui no Brasil e na unidade de Camaçari, na Bahia;
  3. ele nasceu Crossover com uma nova plataforma inaugurada nesse modelo, é uma concepção nova em conjunto com o centro de design na Itália.
Mas, e sempre existe um mas, as coisas não aconteceram como previstas e o modelo acabou mesmo sendo montado e lançado na China em 2015, isso porque a fábrica brasileira não ficou pronta e o inovar-auto chegou para tirar o sono dos importadores que atuam no Brasil.


O interessante é que, mesmo com todos esses percalços pelo caminho, o JAC T40 deve seguir sua sina e ser um divisor de águas da marca por aqui, segundo Habib ele deve devolver a posição que a JAC Motors havia conquistado nos primeiros anos de Brasil, com o fim da cota de importação os veículos devem começar a incomodar seus concorrentes nacionais tanto pelo design interessante, a grande quantidade de equipamentos de série e principalmente o preço muito atraente.


Ele estréia no mercado nacional como opção ao consumidor, não é um modelo compacto aventureiro ou batizado de SUV, ele tem na origem a altura livre do solo de 18 cm, suspensão de uso em off - road, motor 1.5 VVT 16V JetFlex, com potência de 125 cv (gasolina) e 127 cv (etanol), torque máximo de 152 Nm e 154 Nm, discos ventilados nas rodas da frente e discos sólidos na traseira, cambio manual de cinco velocidades e aqui vale um esclarecimento do por que o cambio não ser automático: segundo Habib, esse modelo até dezembro tem previsão de vendas de 300 unidades / mês, já em janeiro, com o fim da cota de importação será lançado o modelo com câmbio automático com a cota de importação liberada, será o mesmo conjunto mecânico que equipa hoje o T5 automático.


Olhando o modelo mais detalhadamente dá para notar que houve uma enorme evolução tanto no desenho quanto no cuidado com o acabamento. Ele foi desenhado na Itália no JAC Italy Design Center especificamente para o consumidor brasileiro, tem a cara agressiva e diversos detalhes como apliques cromados, grade frontal com o novo logotipo da JAC Motors, moldura lateral, filetes no pára-choque traseiro e dimensões generosas.


A carroceria possui 1,57 m de altura, 1,75 m de largura e 4,13 m de comprimento, com entre eixos de 2,5 m que garante um enorme espaço interno e muito conforto para que viaja principalmente no banco traseiro além de um porta-malas de 450 litros de capacidade sem os bancos rebatidos e usa os sistemas de gerenciamento da Continental® para toda parte eletrônica.


Agora é a grande hora, testar o modelo nas condições impostas no Test Drive. O percurso da cidade até Amparo, interior de São Paulo contempla ruas, avenidas, rodovias e um pequeno trecho de estrada de terra, tudo isso para avaliar os sistemas e o conforto que o JAC T40 oferece e com a lotação de 4 adultos, colegas jornalistas também convidados. Na primeira parte da viagem optei por ser passageiro, tanto no banco do carona quanto atrás e dá para perceber que o conforto é um item muito bem resolvido. Na frente, a posição do banco com o encosto levemente reclinado permite viajar sempre com as pernas esticadas e não se torna cansativo em nenhum momento.


Já no banco traseiro, a distância para os dianteiros não te obriga a encolher as pernas, a posição do encosto fixo é ideal e o espaço suficiente para ninguém se sentir “apertado”, nem mesmo atrás do motorista. A climatização segue o padrão dos carros chineses, é rápida e muito forte, se bobear no ajuste do ar condicionado é possível que se congele os ocupantes.


Depois da apresentação para a imprensa e o almoço, voltamos para a origem e desta vez eu optei por dirigir o percurso todo. Nos pouco mais de 120 km comecei por um trecho longo de terra, o carro se porta muito bem mesmo em velocidades um pouco mais altas, os controles de estabilidade e tração funcionam com um ótimo sincronismo mesmo com piso irregular e escorregadio, as curvas são feitas com perfeição e as retas engolidas com muita facilidade, não existem aqueles famosos sustos nem aquelas saídas de traseira comuns nesse tipo de piso.


Na rodovia dos Bandeirantes, com velocidade máxima de 120 km/h e piso em ótimo estado de conservação, utilizei o Cruise Control para avaliar a retomada de velocidade em condições de exigência maior, engatada a 5ª marcha, a subida dos giros até a velocidade programada foi muito rápida e segura, imagino que, como no T5, se tivesse um câmbio automático essa subida poderia gerar uma redução de marcha para ser mais rápida ainda, mesmo assim o resultado é satisfatório.


Claro que procurei não ultrapassar o limite da estrada, mas na necessidade de uma ultrapassagem, ainda com 4 pessoas a bordo e ar condicionado ligado, a resposta imediata do motor garante segurança e dá confiança para quem dirige, as manobras são precisas graças ao sistema de ajuda elétrica da direção, um ponto muito positivo e que ainda auxilia na economia de combustível por não precisar da antiga bomba hidráulica. Com dados do computador de bordo, zerado o sistema na saída de Amparo, o consumo médio até o destino foi de 10,5 m/l, o que é muito bom se levarmos em conta que estava abastecido com Etanol, o número de passageiros, as condições das diversas opções de estrada e piso e o transito que é sempre complicado na cidade de São Paulo.


Como já é praxe e costume, a JAC Motors sempre traz uma novidade em seus modelos, desta vez ela ousou e é a pioneira em colocar no JAC T40 de série um sistema de monitoramento com câmera frontal. Essas câmeras são instaladas atrás do retrovisor interno e são aquelas que muitas vezes pegam flagrantes nas estradas pelo mundo. Essas câmeras nos veículos, em outros países do mundo, tem como conseqüência tanto a prova material em caso de acidente frontal e também a diminuição no valor do seguro dos carros, o Grupo SHC está negociando com as seguradoras para ter o mesmo beneficio aqui no Brasil para quem compra o JAC T40.


O carro que tem preço fechado de R$ 56.990 na versão Pack 2 e de R$ 58.990 na Pack 3 e já chegou nas 26 concessionárias da JAC Motors, você já pode agendar um Test Drive do modelo que tem 6 anos de garantia, revisões com preços fixos, acessórios da marca e começar a fazer parte desta nova fase da montadora chinesa, que agora acordou de vez e entra pra valer na briga com os gigantes adormecidos.


Ficha Técnica
Itens
Modelo
JAC T40
Versão
1.5 VVT 16V JetFlex
Dimensões
Comp./ Larg. / Alt.(mm)
4.135 × 1.750 × 1.568
Entre eixos (mm)
2.490
Peso em ordem de marcha (kg)
1.155
Capacidade do porta-malas (L)
450
Capacidade do tanque de combustível (l)
42
Motorização
Tipo de motor
4 cilindros em linha
Deslocamento volumétrico (cm3)
1.499
Diâmetro (mm)
75
Curso (mm)
84,8
Comando de válvulas
DOHC 16V VVT
Potência Máxima (cv/rpm)
125/6.000 (Gasolina)                                   127/6.000 (Etanol)
Torque Máximo (Nm/rpm)
152/4.000 (Gasolina)                                                   154/4.000 (Etanol)
Taxa de compressão
10:1
Transmissão
Manual, com 5 marchas
1ª: 3,769
2ª 2,053
3ª 1,393
4ª 1,031
5ª 0,778
Ré 3,25
Diferencial 4,056
Suspensões
Dianteira
Independente, tipo McPherson, com molas helicoidais e barra estabilizadora
Traseira
Semi-independente, eixo de torção, com molas helicoidais e barra estabilizadora
Freios

Discos ventilados na dianteira e discos sólidos na traseira
Rodas
Pneus
205/55 R16
Rodas
Em liga de alumínio 16"
Performance
Velocidade máxima
191 km/h
Aceleração de 0 a 100 km/h
9,8 segundos



Equipamentos
Versão Pack 2
  • Travamento automático das portas a 15 km/h;
  • Aviso de cinto não acoplado (piloto e co-piloto);
  • Freios com ABS e EBD;
  • BAS - Brake Assist System (assistente para frenagens de pânico);
  • BOS - Brake Overide System (pedal “inteligente” de freio);
  • ESP - Eletronic Stability Program (controle eletrônico de estabilidade);
  • TCS - Traction Control System (controle eletrônico de tração);
  • HSA - Hill Start Assist (assistente de partida em rampas);
  • TPMS - Tire Pressure Monitoring System (sistema de monitoramento da pressão dos pneus);
  • Sensor de estacionamento traseiro;
  • Luzes diurnas de LED;
  • Luzes de conversão estática – faróis seguem o movimento de esterçamento do volante em baixas velocidades para auxiliar nas manobras;
  • Retrovisor interno antiofuscante;
  • Função GSI (Indicador de troca de marchas);
  • Função "Follow Me Home";
  • Abertura interna da tampa do tanque de combustível;
  • Trava elétrica das 4 portas e da tampa do porta-malas;
  • Imobilizador;
  • Alarme antifurto;
  • Cruise control (controlador de velocidade), acionado por teclas no volante;
  • Piloto automático;
  • Espelhos retrovisores externos com ajuste elétrico;
  • Faróis com regulagem elétrica de altura do facho;
  • Faróis com acendimento automático em função da luminosidade (sensor crepuscular);
  • Volante revestido em couro;
  • Banco do Motorista com ajuste de altura;
  • Dois assentos com Isofix;
  • Rodas de liga leve com 16 polegadas, pneus 205/55 R16;
  • Direção com assistência elétrica;
  • Comandos de áudio no volante de direção.
Versão Pack 3
  • JAC Connect Front Câmera;
  • Câmera de ré;
  • Kit multimídia com tela de 8 polegadas.
Como único opcional, o JAC T40 ainda é oferecido com a pintura bicolor, que custa R$ 1.990.

Galeria de Fotos
JAC T40
Eduardo Abbas. Tecnologia do Blogger.