PÉ EMBAIXO: 24 Horas de Le Mans 2017: O Pacto Porsche, a Caloria Chinesa, o Brilho Brasileiro e a Tristeza Toyota

Vitória que parecia impossível de um carro que veio do 57º lugar, 2º lugar da equipe Chinesa do Jackie Chan da categoria LMP2, vitória de Daniel Serra na LMGTE Pro, Nelsinho Piquet em 3º na geral e 2º na categoria e a Toyota mais uma vez ficou pelo caminho

Texto: Carlos Lua

Fotos: Lemans.org


Foram 24 horas que mais pareceram 48 de tanta coisa que aconteceu desde o início no sábado. A vitória do Porsche #2 (Bamber/Bernhard/Hartley) ficou uma hora e pouco no box para consertar os problemas que teve na tração dianteira, perdeu 18 voltas e recuperou tudo em 19 horas para dar à marca alemã a sua 19ª vitória em Le Mans. Têm um pacto com o lugar, com certeza, mesmo que o sue outro carro o #1 tenha ficado pelo caminho por falta de óleo no motor.


Isso deu chance para que assumisse a liderança um carro da LMP2, o Oreca/Gibson #38 (Ho Pi Tung/Oliver Jarvis/ Thomas Laurent) da Equipe Jackie Chan (aquele mesmo). Durante algumas horas, até que fosse alcançado pelo Porsche #2 mostrou que a LMP 2 ficou perto de fazer história. Deu uma caloria danada nas estatísticas, nos comentários, nas previsões e nos torcedores que, claro, passaram a querer ver o circo pegar fogo.


Para o Brasil mais um pódio na geral, o de Nelsinho Piquet em 3º  (Moco em 1973, Boesel em 1991 e Di Grassi em 2014 ficaram em 2º)  que ainda ficou em 2º na categoria LMP 2.


Já Daniel Serra venceu a LMGTE Pro com o seu Asto Martin #97 ao lado de Darren Turner e Jonny Adam! Repetiu o feito de outro brasileiro Thomas Erdos que em 2005 e 2006 venceu a LMP2 de então. Como se não bastasse em 3º na LMGTE Pro ficou o Pipo Derani no seu Ford #67 ao lado de Andy Priaulx e Harry Tincknel.


André Negrão ainda foi 5º na geral com seu Alpine Oreca Gibson #35, Barrichello 14º com seu Dallara Gibson #29, Tont Kanaan 23º com seu Ford GT #29. Feranando Rees no seu Corvette #50 liderou bastante na LMGTE Am  mas acabou apenas em 49º lugar. Nunca o Brasil teve tantos pilotos bem classificados fazendo três pódios e um deles no degrau mais alto. Brilho total.


Resta comentar o que não tem explicação, a Toyota que tinha os carros mais rápidos da prova acabou perdendo para ela mesmo ou seus pilotos. O #7 que liderou muito tempo ficou de fora por um problema na embragaem. O #8 parou com o mesmo problema do Porsche #2 (motores elétricos da tração dianteira) só que demorou mais tempo para consertar (45 minutos a mais) do que a Porsche e acabou em 9º na geral. Ainda restava o Toyota #9, mas o Lapierre se enroscou com um LMP2 , quebrou uma roda e nunca conseguiu voltar aos boxes. Pena, muita pena, eles há muito merecem a primeira vitória no circuito francês, a torcida espera isso e tenho certeza de que em 2018 eles estarão de volta.
Até lá vamos sonhar todos com essa prova que mostrou todo o fascínio do automobilismo, exatamente por essa sua imprevisibilidade.
Nos vemos nas 6 Horas de Nurburgring no dia 14 de julho.


Ah! Faltou o Forza Ferrari que acabou fazendo 1,2 e 3 na LMGTE Am. com três carros nenhum vermelho!


A Classificação Final
1 - #2 Bamber/Bernhard/Hartley (Porsche 919) - Porsche LMP Team -367 voltas 24 H

2 - #38 Jarvis/Tung/Laurent/ (Oreca 07-Gibson) - DC Racing - 1 volta
3 – #13 Nelsinho Piquet /Hansson/Beche (Oreca 07-Gibson) - Rebellion - 4 voltas
4 - #37 Cheng/Gommendy/Brundle (Oreca 07-Gibson) - DC Racing - 4 voltas
5 - #35 Panciatici/Ragues/André Negrão (Alpine A470-Gibson) - Signatech - 5 voltas
6 - #32 Owen/De Sadeleer/Albuquerque (Ligier JSP217-Gibson) - United Autosports - 6 voltas
7 - #40 Allen/Matelli/Bradley (Oreca 07-Gibson) - Graff - 7 voltas
8 - #24 Vergne/Graves/Hirschi (Oreca 07-Gibson) - Manor - 7 voltas
9 - #8 Davidson/Nakajima/ Buemi (Toyota TS050) - Toyota - 9 voltas
10 - #47 Lacorte/Sernagiotto/Belicchi (Dallara P217-Gibson) - Villorba - 14 voltas
11 - #36 Dumas/Menezes/Rao (Alpine A470-Gibson) - Signatech - 16 voltas
12 - #34 Moore/Hanson/Chandhok (Ligier JSP217-Gibson) - Tockwith - 16 voltas
13 - #17 Lafargue/Lafargue/Zollinger (Ligier JSP217-Gibson) - Idec - 23 voltas
14 - #29 Lammers/Van Eerd/Rubens Barrichello (Dallara P217-Gibson) - RT Ned - 23 voltas
15 - #21 Hedman/Hanley/Rosenqvist (Oreca 07-Gibson) - Dragonspeed - 23 voltas
16 - #33 Nicolet/Nicolet/Maris (Ligier JSP217-Gibson) - Eurasia - 26 voltas
17 – #31 Bruno Senna/Prost/Canal (Oreca 07-Gibson) - Rebellion - 27 voltas
18 #97 Turner/Adam/Daniel Serra (Aston Martin Vantage) - Aston Martin - 27 voltas
19 - #67 Priaulx/Tincknell/Pipo Derani (Ford GT) - Ganassi - 27 voltas
20 - #63 Magnussen/Garcia/Taylor (Chevrolet Corvette C7R) - Corvette - 27 voltas
21 - #91 Lietz/Makowiecki/Pilet (Porsche 911 RSR) - Porsche - 28 voltas
22 - #71 Rigon/Bird/Molina (Ferrari 488 GTE) - AF Corse - 28 voltas
23 - #68 Hand/Müller/Tony Kanaan (Ford GT) - Ganassi - 28 voltas
24 - #69 Briscoe/Westbrook/Dixon (Ford GT) - Ganassi - 29 voltas
25 - #64 Gavin/Milner/Fässler (Chevrolet Corvette C7R) - Corvette - 31 voltas
26 - #95 Thiim/Sørensen/Stanaway (Aston Martin Vantage) - Aston Martin - 32 voltas
27 - #84 Smith/Stevens/Vanthoor (Ferrari 488 GTE) - JMW - 33 voltas
28 - #66 Mücke/Pla/Johnson (Ford GT) - Ganassi - 34 voltas
29 - #55 Cameron/Scott/Cioci (Ferrari 488 GTE) - Spirit of Race - 34 voltas
30 - #62 Macneil/Sweedler/Bell (Ferrari 488 GTE) - Scuderia Corsa - 35 voltas
31 - #99 Howard/Gunn/Bryant (Aston Martin Vantage) - Beechdean - 35 voltas
32 - #61 Mok/Sawa/Griffin (Ferrari 488 GTE) - Clearwater Racing - 35 voltas
33 - #45 Patterson/Mcmurry/Capillaire (Ligier JSP217-Gibson) - Algarve - 37 voltas
34 - #27 Aleshin/Sirotkin/Shaitar (Dallara P217-Gibson) - SMP Racing - 37 voltas
35 - #77 Ried/Cairoli/Dienst (Porsche 911 RSR 991) - Dempsey Proton - 38 voltas
36 - #90 Yoluc/Hankey/Bell (Aston Martin Vantage) - TF Sport - 38 voltas
37 - #98 Dalla Lana/Lamy/Lauda (Aston Martin Vantage) - Aston Martin - 38 voltas
38 - #93 Long/Al Faisal/Hedlund (Porsche 911 RSR 991) - Proton - 38 voltas
39 - #86 Wainwright/Barker/Foster (Porsche 911) - Gulf Racing - 39 voltas
40 - #22 Rojas/Hirakawa/Gutierrez (Oreca 07-Gibson) - G-Drive - 40 voltas
41 - #60 Wee/Katoh/Parente (Ferrari 488 GTE) - Clearwater - 40 voltas
42 - #54 Flohr/Castellacci/Beretta (Ferrari 488 GTE) - Spirit of Race - 41voltas
43 - #83 Krohn/Jönsson/Bertolini (Ferrari 488 GTE) - DH - 49 voltas
44 - #39 Guibbert/Trouillet/Winslow (Oreca 07-Gibson) - Graff - 49voltas
45 - #65 Nielsen/Balzan/Curtis (Ferrari 488 GTE) - Scuderia Corsa - 53 voltas
46 - #49 Konopka/Calko/Breukers (Ligier JSP217-Gibson) - Arc - 53 voltas
47 - #51 Calado/Pier Guidi/Rugolo (Ferrari 488 GTE) - AF Corse - 55 voltas
48 - #43 Keating/Bleekemolen/Taylor (Riley MK30-Gibson) - Keating - 55 voltas
49 – #50 Fernando Rees/Brandela/Philippon (Chevrolet Corvette C7R) - Larbre - 58 voltas

Abandonos
Tandy/Jani/Lotterer (Porsche 919) - Porsche LMP Team
Barthez/Buret/Berthon (Ligier JSP217-Gibson) - Panis Barthez 
Perrodo/Vaxiviere/Collard (Oreca 07-Gibson) - TDS Racing 
Christensen/Estre/Werner (Porsche 911 RSR) - Porsche
Lopez/Lapierre/Kunimoto (Toyota TS050) - Toyota 
Kobayashi/Sarrazin/Conway (Toyota TS050) - Toyota 
Petrov/Gonzalez/Trummer (Oreca 07-Gibson) - Manor 
Vilander/Fisichella/Kaffer (Ferrari 488 GTE) - Risi 
Rusinov/Thiriet/Lynn (Oreca 07-Gibson) - G-Drive Racing
Bachler/Lemeret/Al Qubaisi (Porsche 911 RSR) - Proton 
Webb/Kraihamer/Bonanomi (Enso CLM P1/01-Nismo) - Bykolles

Eduardo Abbas. Tecnologia do Blogger.