Honda atinge o marco de 100 milhões de automóveis produzidos mundialmente

Feito histórico demonstra o comprometimento da fabricante japonesa em atender com excelência os mais diferentes perfis de consumidores

Texto e fotos: Honda

A Honda anuncia que alcançou o volume acumulado de 100 milhões de automóveis produzidos. O desempenho em produção global indica a ótima aceitação de clientes de vários países do mundo em relação aos diferenciais da marca.


A trajetória da empresa no segmento de automóveis teve início em 1963, com o mini utilitário T360, o primeiro Honda a ser produzido em larga escala, na fábrica de Saitama. No mesmo ano, a empresa iniciou a produção do esportivo S500 na fábrica de Hamamatsu.
No ano seguinte, 1964, com o intuito de expandir a produção de automóveis em larga escala, a Honda empregou todo seu conhecimento e tecnologias na construção da primeira unidade dedicada exclusivamente à produção de automóveis: a fábrica de Sayama. O primeiro modelo produzido no local foi o esportivo S600.
Em 1967, a empresa iniciou a produção do N360, o primeiro miniveículo da marca. Desde então, o volume acumulado de produção vem crescendo, ao passo que a Honda aprimora sua linha de produtos com importantes modelos globais, apreciados por clientes de todo o mundo, como Civic, Accord, CR-V e Fit. Além destes, modelos regionais foram desenvolvidos considerando as características de cada local onde os automóveis são comercializados.
Sempre atenta à natureza global de suas operações, a empresa, em 1969, iniciou a produção do N600 e do mini utilitário TN360 em Taiwan, com a assinatura de um acordo de cooperação técnica com uma empresa local, que veio a se tornar a primeira unidade produtiva de automóveis da Honda fora do Japão. Ainda buscando aumentar sua competitividade internacional, em 1982, a empresa expandiu sua atuação em mercados estrangeiros com o início da produção do Accord em Ohio, Estados Unidos. O veículo foi o primeiro da marca a ser produzido por uma subsidiária própria da marca fora do Japão e o primeiro carro para quatro passageiros feito nos Estados Unidos por uma fabricante japonesa.


Seguindo a abordagem de "produzir onde está o público consumidor" e buscando oferecer produtos apropriados para atender as necessidades dos clientes em todo o mundo, a Honda ampliou suas operações de produção de automóveis para diferentes regiões do mundo, incluindo Ásia, Europa e América do Sul.
Nos últimos anos, a empresa vem buscando o estabelecimento de um sistema de produção flexível e mutuamente complementar, que utiliza as 34 operações de produção automotiva da Honda em 18 países e territórios. Através dessas iniciativas, a marca atingiu o volume de produção de 100 milhões de unidades de automóveis, 54 anos depois que o primeiro carro saiu de sua linha de montagem.
“Graças à confiança de nossos clientes em todo o mundo, a Honda foi capaz de entregar 100 milhões de automóveis globalmente. O desejo de nosso fundador, Soichiro Honda, de contribuir com a vida das pessoas, auxiliando-as em suas atividades diárias, e perseguir a alegria da mobilidade tem sido herdado pelos colaboradores da Honda como o ponto de partida para o desenvolvimento e fabricação de nossos produtos”, afirma Takahiro Hachigo, CEO mundial da Honda.
Eduardo Abbas. Tecnologia do Blogger.