LANÇAMENTO: Um velho conhecido de cara e serviços novos

O Sem Parar ganhou novas tecnologias, parcerias e mostra que não é apenas um meio de se pagar pedágio

Texto: Eduardo Abbas
Fotos: Fleetcor

Pouca gente sabe que aquela TAG atrás do retrovisor de alguns carros tem muito mais utilidade que apenas fugir das filas nas cabines de cobrança nas rodovias e poder acertar as contas depois que a viagem terminou, o Sem Parar vai muito além do pedágio.


Eu fui gentilmente convidado a conhecer as novidades em parcerias e a grande utilização que o serviço pode oferecer ao usuário, que vai desde a sua origem que é pagar pedágio até comprar comida. Isso mesmo, dá pra fazer uma refeição sem ter dinheiro no bolso.


Agora a empresa anuncia seu novo posicionamento de marca, apresenta as tecnologias automáticas de identificação e pagamento e abre espaço para a empresa atuar mais forte nas cidades atuando nas redes de postos de combustível, estacionamentos, lava - rápido e drives-thrus, atualmente o meio de pagamento está disponível em mais de três mil pontos de uso no Brasil.


Outra novidade é a parceria com a Movida Rent a Car, todos os veículos vão estar equipados com a TAG e quando você alugar um carro pode optar por ativar ou não o serviço. Será cobrada uma taxa de utilização no aluguel além dos gastos efetuados durante o período da locação, é muita facilidade tanto para viajar quanto para estacionar.


Para quem não sabe ou não lembra, o Sem Parar é um serviço de assinatura mensal que cobra uma taxa de acordo com o plano (Cidade ou Todo Lugar) que é escolhido pelo usuário, e claro, além dos gastos efetuados. O problema é que esses planos são individuais para cada veículo que a pessoa possuir, a mensalidade é cobrada usando ou não, a novidade é que atualmente a adesão é grátis.


Perguntei ao Fernando Yunes, CEO do Sem Parar se “existe no futuro um estudo para transformar essa obrigatoriedade de se ter um veículo para ser usuário do serviço, já que muitas pessoas viajam como passageiros”? Segundo ele “o reconhecimento facial, que é uma novidade que apresentamos, é uma nova ferramenta que permite oferecer novas experiências cada vez mais fluidas para os consumidores, também fora dos carros”.


Segundo o executivo o serviço começou a ser testado no final de 2018, a imagem do usuário é criptografada e armazenada em nuvem própria, a empresa investiu em integração sistêmica e implantação de hardware, envolvendo mais de 4 mil horas homem. “Toda tecnologia disruptiva exige garantia de qualidade e segurança para os usuários e desta forma não economizamos recursos para desenvolver este novo método. Investimos em uma ampliação do nosso sistema de identificação do usuário para garantir a excelência no serviço”.


Com esse novo posicionamento da marca e a apresentação dessas novas tecnologias, o Sem Parar se prepara para o futuro da mobilidade com todas as armas para enfrentar os inimigos da concorrência e ser a melhor opção para o usuário.

Nenhum comentário

Eduardo Abbas. Tecnologia do Blogger.