FÓRMULA 1: Grande Prêmio de Mônaco 2017 – Treinos Livres


  • Sebastian Vettel lidera treinos livres com a volta mais rápida da história em Mônaco;
  • Diferença de performance entre os compostos supermacio e ultramacio é cerca de 0,7 segundo;
  • Desgaste e degradação praticamente zeros em um circuito com baixa aderência: sem carros da Fórmula 1 na pista até sábado.
  • Texto e fotos: Pirelli


A volta mais rápida nos 75 anos de história do Grande Prêmio de Mônaco foi estabelecida durante o segundo treino livre (TL2) nesta tarde, feita pelo piloto da Ferrari, Sebastian Vettel, que marcou o tempo de 1m12s720, superando o recorde anterior que era de Daniel Ricciardo com a marca de 1m13s622.


Como esperado, o composto ultramacio provou ser cerca de 0,7 segundo mais rápido do que o supermacio. Com a degradação praticamente inexistente, o pneu roxo é esperado ser o favorecido para a qualificação e a corrida. O horário incomum em Mônaco, com treino livre na quinta-feira, sem atividade de pista na sexta-feira e com o traçado aberto ao tráfego normal da noite para o dia, significa que o padrão normal de evolução da pista é afetado, ficando com muito pouca borracha.
Para extrair o máximo dos pneus, muitos pilotos fizeram uma volta de preparação antes da volta voadora: com o gerenciamento do tráfego, sendo outro fator chave na busca por tempos mais rápidos.

Mario Isola, líder de competições de veículos da Pirelli: "Mônaco não é um circuito de muitas surpresas: vimos ação de pista muito limitada com o composto macio, ficando a maior parte do tempo no ultramacio, exatamente como esperávamos. Mesmo este composto está no espectro duro para as condições muito específicas de baixa aderência do Mônaco: em um cenário ideal, nós traríamos compostos especializados para este evento, ainda mais suave do que o ultramacio atual. No entanto, já vimos a volta mais rápida da história em Mônaco, mesmo no primeiro treino livre, que se tornou ainda mais rápida no segundo treino livre. Alguns pilotos que querem fazer algo diferente na qualificação podem optar por correr com o supermacio no Q2 no sábado e, em um evento de entrada antecipada do carro de segurança, esta é uma aposta que pode dar certo.”

Treino Livre 1





1.Hamilton
 1m13s425
Ultramacio novo



2.Vettel
 1m13s621
Ultramacio novo



3.Verstappen
 1m13s771
Ultramacio novo




Treino Livre 2




1.Vettel
 1m12s720
Ultramacio novo


2.Ricciardo
 1m13s207
Ultramacio novo


3.Raikkonen
 1m13s283
Ultramacio novo


Treino Livre 1 – Melhor tempo por composto
Macio
Button
1m18s063
Supermacio
Kvyat
1m14s111
Ultramacio
Hamilton
1m13s425
Treino Livre 2 – Melhor tempo por composto
Macio
-
-
Supermacio
Vettel
1m13s573
Ultramacio
Vettel
1m12s720
Stints mais longos por composto (voltas)
Macio
Button
17 voltas
Supermacio
Raikkonen
28 voltas
Ultramacio
Massa
34 voltas
Estatísticas de hoje dos pneus:
Macio
Supermacio
Ultramacio
kms percorridos *
80
977
3.719
Jogos de pneus usados **
7
17
60
* Quantidade de quilômetros percorridos, por todos os pilotos, nos treinos livres 1 e 2.
** Por composto, somados todos os pilotos.

Pressões mínimas prescritas para os pneus: 17.0 PSI na frente e 16.5 PSI na traseira.
Eduardo Abbas. Tecnologia do Blogger.