Bancos de fabricantes de máquinas contam com mais de R$ 2 bilhões de crédito pré-aprovado na Agrishow 2017

Nesta quarta-feira, dia 3 de maio, estão programados na Arena do Conhecimento o Startagro Agrishow (8h) e o Fórum de Inovação da ABAG (13h30), além das atividades da Arena de Demonstrações de Campo e da 18ª Rodada Internacional de Negócios

Texto e fotos: Agrishow

Os primeiros dados sobre vendas da Agrishow 2017 - 24ª Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação indicam boas perspectivas. Sondagem feita entre os principais bancos ligados aos grandes fabricantes de máquinas revela que o total de crédito pré-aprovado para os compradores atinge a marca de R$ 2 bilhões na edição deste ano. “Em épocas de crise, os bancos convencionais saem desse mercado, com receio dos riscos de créditos. Com isso, atuamos melhor”, comentou Márcio Contreras, diretor Comercial e de Marketing da CNH Industrial.
“Nossas expectativas estão muito melhores neste ano, comparadas com o ano passado. Entre os quatro segmentos onde atuamos, o agronegócio é o que apresenta os melhores resultados”, acrescenta Mike Janse, gerente para América Latina do Banco De Lage Landen Brasil, que atua como banco múltiplo de marcas como Valtra e Massey Fergusson, entre outras.


Segundo Janse, os sinais da melhoria de cenário podem ser confirmados pelos dados do primeiro trimestre. “Nossas operações tiveram crescimento de 50% nos primeiros três meses de 2017 em comparação com o mesmo período do ano passado. Embora não seja possível manter tal taxa de crescimento ao longo do ano, trabalhamos com uma perspectiva de fecha 2017 com aumento da ordem de 20% em relação a 2016”, informa Janse, ressaltando que nem todo crédito pré-aprovado se transforma em crédito efetivado.
O Banco John Deere, que completará 30 anos de atuação no Brasil, reforçou o total de crédito pré-aprovado para a edição deste ano da Agrishow. “Somos ágeis nas aprovações de crédito e na agricultura a agilidade é a chave”, informa Sérgio Oliveira diretor comercial do banco da fabricante John Deere. Segundo ele, as vendas pelo banco da fábrica representam entre 40% e 50% dos financiamentos de maquinários e equipamentos fechados na feira. “Fazendo o financiamento pelo nosso banco, o cliente deixa o limite de crédito nos bancos convencionais para operações de custeio”, acrescenta Oliveira, lembrando que o banco é o único de fábrica que tem linha de crédito para a agricultura familiar (Pronaf Mais Alimentos).

Cooperativas agropecuárias paulistas faturam R$ 22 bilhões em 2016
A Organização das Cooperativas do Estado de São Paulo (Ocesp) anunciou nesta terça-feira (2/5), na Agrishow 2017, em Ribeirão Preto (SP), que o faturamento do segmento alcançou a marca de R$ 22 bilhões em 2016, um crescimento de 10% em relação ao ano anterior e superior ao resultado do PIB do agronegócio paulista, de 7%. De acordo com a entidade, o crescimento é ainda mais expressivo em algumas cadeias produtivas: no segmento de cereais, grãos e oleaginosas, por exemplo, a expansão alcançou o patamar de 46%, ficando em 23% na área de insumos agropecuários.
Para o presidente da Ocesp, Edivaldo Del Grande, o bom desempenho das cooperativas também foi fruto da expansão territorial das áreas de atuação, com a abertura de novas unidades de cooperativas. “Com o cooperativismo fortalecido em período de incertezas, acreditamos que podemos melhorar ainda mais o desempenho em 2017”.
Outro destaque é o bom desempenho das exportações. Em 2016, as cooperativas paulistas venderam ao exterior U$$ 1,15 bilhão, um aumento de 13% em relação ao ano de 2015, representando 22% do total das exportações das cooperativas brasileiras. Os principais produtos exportados foram do complexo sucroalcooleiro, amendoim, sucos concentrados e café.

Comemoração do aniversário da OPERAÇÃO pau brasil
Amanhã, quarta-feira, dia 3, será realizada a solenidade de comemoração de aniversário da Operação Pau Brasil, a partir das 8h00, no estande das entidades realizadoras da Agrishow 2017 – Abag, Abimaq, Anda, Faesp e SRB.

Novidades e lançamentos da Agrishow 2017
  • Toyota – Durante a Agrishow, a Toyota está oferecendo descontos exclusivos aos visitantes interessados na compra da picape Hilux. A empresa tem, pela primeira vez na feira, uma consultoria especializada em serviços e pós-vendas em seu estande. A Toyota estima comercializar, nos cinco dias de feira, cerca de 100 unidades entre os modelos Hilux e SW4. O público também pode testar os dois modelos na pista off-road para comprovar a qualidade de segurança e resistência dos modelos da marca.
  • Michelin – A Michelin lançou na Agrishow novos pneus agrícolas – Machxbib e Axiobib – desenvolvidos em solo brasileiro para atender os desafios do produtor rural em todos os ciclos de safra.  Os pneus têm tecnologias radial e ultraflex, respectivamente, e destinam-se a tratores de alta potência para melhorar a produtividade e, ao mesmo tempo, contribuir para preservar o meio ambiente. Também protegem os solos e economizam combustível.
  • Coopercitrus – A Coopercitrus leva o estande Shopping Rural Coopercitrus, além de outras novidades para os pequenos, médios e grandes produtores rurais. Com cerca de 4.200 m², uma estrutura moderna e novo layout, o estande Shopping Rural Coopercitrus oferece insumos, máquinas, implementos agrícolas e tecnologias que auxiliam um futuro melhor para a lavoura, com condições de pagamento diferenciadas e financiamentos com taxas e juros acessíveis, ofertadas por seus agentes financeiros parceiros.
Eduardo Abbas. Tecnologia do Blogger.