AÉREAS: Citation Latitude: o jato de médio porte mais vendido no mundo em 2016

A aeronave registrou 42 unidades entregues em 2016, totalizando uma frota global de 58 aeronaves e mais de 18 mil horas de voo

Texto e fotos: TAM Aviação Executiva

Textron Aviation Inc, representada com exclusividade no Brasil pela TAM Aviação Executiva, anunciou nesta quinta-feira (23), que o Citation Latitude é o líder no segmento de médio porte em 2016, com mais entregas do que qualquer outro avião na sua categoria, e se tornou um dos jatos executivos mais vendidos do mundo atualmente.


A aeronave que estabeleceu um novo padrão no mercado e redefiniu as expectativas de um jato de negócios de médio porte, registrou 42 entregas em 2016, tornando-se o jato de médio porte mais entregue no mundo neste período. A frota global já soma 58 aeronaves entregues, com mais de 18 mil horas de voo.
“O Citation Latitude se encaixa de forma única em um nicho no mercado para clientes que querem comodidade e conforto de uma aeronave com cabine grande e os melhores custos operacionais", disse Rob Scholl, vice-presidente sênior de vendas e Marketing.
Rafael Mugnaini, diretor comercial da TAM AE, afirma que o mercado brasileiro está ansioso pelo produto: “A Cessna reuniu no Citation Latitude tudo que o operador brasileiro deseja e espera de uma grande aeronave. O jato traz o máximo em tecnologia, cabine ampla com acabamento e nível de conforto imbatível, além do menor custo operacional da categoria, até 20% menor. Estes atributos justificam o porquê do modelo já ser um dos mais vendidos da Cessna e o líder de vendas no segmento".
O Citation Latitude é um dos mais recentes lançamentos da Cessna e que, somado ao Citation Longitude e ao recém-anunciado Citation Hemisphere, formará uma nova categoria de jatos Citation, com cabine ainda maior. O modelo representa o equilíbrio perfeito entre conforto, tecnologia e eficiência. Seu processo de fabricação contempla uma série de inovações, como o uso de automatização robótica, peças monoliticamente usinadas e estações de montagem ergonômicas. O resultado de todo esse projeto é uma redução de até 20% em custos operacionais quando comparado aos modelos concorrentes.
O jato possui capacidade para dois pilotos e até nove passageiros, suíte de aviônicos Garmin G5000 com interfaces touch screen (dispensa botões) e cabine com piso interno completamente plano (1,83 m de altura por 1,95 m de largura). Conta ainda com o sistema Clarity, desenvolvido pela Cessna em parceria com a empresa americana Heads Up, que reúne informações do status do voo, controle de iluminação e de som, e que podem ser controladas do smartphone ou tablet do passageiro.
A aeronave pode operar em pistas de 3.580 pés (1.091 m) com peso máximo de decolagem e atingir altitude máxima de 45 mil pés. Seu alcance máximo é de 2.850 NM (5.278 km, traslado em cruzeiro econômico e reservas NBAA IFR).
Eduardo Abbas. Tecnologia do Blogger.