TURISMO - 8 cidades latinas para curtir o feriado prolongado

Aproveite o 15 de novembro para conhecer um pouco do México, Peru, Argentina ou Chile com as dicas da Royal Holiday

Texto e fotos: Royal Holiday

O feriado prolongado de 15 de novembro tem o potencial de oferecer quatro dias seguidos de folga. Para quem puder trabalhar em home office (ou de forma remota, para sermos mais exatos), até mais. Se uma viagem curta aqui mesmo pela América Latina for do seu interesse, seja ao norte, no México, ou ao sul, no Peru, Argentina ou Chile, a Royal Holiday, clube de férias localizado no México que coloca o mundo ao alcance dos brasileiros, propõe uma lista com oito destinos para você que deseja aproveitar este período para viajar.
Praia, montanha, resorts meio isolados ou metrópoles, certamente há uma opção para você na lista abaixo. Pois o clube de férias, que utiliza um exclusivo sistema de créditos para viagens com estada em hotéis com serviço all-inclusive em 52 países, já conhece o gosto dos brasileiros e a cultura de feriado prolongado por aqui. Leia mais sobre os destinos Mazatlán, Puerto Vallarta, Cidade do México, Acapulco, Cancun, Cusco, Buenos Aires e Púcon e faça sua escolha!

Mazatlán, México: aproveite a culinária local
Há cerca de 10 quilômetros de praias em Mazatlán, que fica a uma hora e meia da Cidade do México por via aérea (869 quilômetros). Todas são convidativas a pegar um sol e relaxar nas águas do Pacífico, surfar, mergulhar e se arriscar na pesca esportiva. O calçadão, ou Malecón, tem 21 quilômetros de extensão (o maior da América Latina), e é passeando por ele que se consegue tanto aproveitar as praias quanto os bares e restaurantes, que fazem a fama mundial da cidade no quesito culinária como poucas outras localidades turísticas praianas têm.


Os ingredientes, únicos em sabor, são típicos daquela parte da costa e preparados de dezenas de formas diferentes, incluindo ceviche, coquetel de frutos do mar, peixe sarandeado, aguachile com camarão e chilorio. Também não deixe de provar o frango assado ao estilo Sinaloa, tamales barbones, tacos gobernador, machaca e peixe espada defumado com molho de pimenta e limão.
Demais atrações incluem os lagos azul turquesa, aquário, jardim botânico, farol na colina e, basicamente, todo o centro histórico, patrimônio nacional desde 2001. E há farta oferta de campos de golfe, spas, casas noturnas e butiques por toda a região.


Onde se hospedar: Park Royal Mazatlán
Com excelente localização na região da marina, o Park Royal Mazatlán é um dos complexos mais exclusivos da cidade e é onde fica o shopping Plaza Galerias. Íntimo e aconchegante, oferece apartamentos de frente para o mar e tem praia reservada para os hóspedes, além de piscina aquecida com borda infinita, sala de ginástica e snack bar.

Puerto Vallarta, México: praias exóticas e paradisíacas
Cenário de A Noite do Iguana, de 1964, com Richard Burton e Ava Gardner, a cidade de Puerto Vallarta, a uma hora de avião da capital (661 quilômetros), é uma das que mais recebe turistas internacionais em todo o México. Ainda com um ar sensual, exótico e redentor, como no filme, as praias e baías da região permitem velejar ou observar as baleias a uma distância segura para os turistas e para os próprios animais – esse equilíbrio é levado muito a sério em todas as atividades.


A paisagem é, literalmente, de cinema, algumas pequenas e charmosas praias são quase escondidas, sendo acessíveis apenas por um grande buraco causado pela erosão na rocha. Isso mesmo, parcialmente subterrâneas, com muita sombra.
Na cidade em si é possível visitar a Catedral de Nossa Senhora de Guadalupe e aproveitar serviços de expedição, parque aquático, galerias de arte, restaurantes, lojas e a agitada vida noturna, de preferência caminhando ou andando de bicicleta pelo calçadão que passa por várias partes interessantes. Outras atrações incluem Isla del Río Cuale, Playa Mismaloya, Punta Mita, Playa Las Ánimas, Playa Las Glorias, Boca de Tomatlán e Playa Las Animas.


Onde se hospedar: Park Royal Puerto Vallarta
Rodeado de jardins, cascatas e praias privadas, ao sul da Baía das Banderas, o Park Royal Puerto Vallarta conta com piscina, sala de ginástica, spa, duas quadras de tênis e pool bar. Todas as 120 suítes têm terraço com vista para o mar. Veja mais de Puerto Vallarta:  http://bit.ly/2fM71po.

Cidade do México: metrópole para os amantes de diversão
Sendo uma capital mundial, com mais de 20 milhões de habitantes na área metropolitana e inúmeras atrações, não é possível listar aqui mais do que alguns pontos fortes da Cidade do México. Apesar de ter cerca de 350 bairros, muitas atrações turísticas estão mais ou menos concentradas em uma região específica, o que facilita a vida dos visitantes. No coração do centro histórico fica a Praça da Constituição, ou El Zócalo, de onde é possível acessar a Praça da República por meio do Paseo de la Reforma, o maior boulevard da cidade. Também nas proximidades, a Catedral Metropolitana e o Bosque Chapultepec com suas milhões de árvores, além de lagos, esculturas, passeios de carruagem, mirante e quiosques de comida tradicional.


A Zona Rosa é o local para quem gosta de compras, restaurantes, bares, clubes e uma vida noturna incessante. Sítios arqueológicos são encontrados em vários lugares e valem a pena conhecer, mas não deixe de reservar um tempo para ir mais longe e subir na Pirâmide do Sol, a terceira maior do mundo, que fica a menos de 80 quilômetros, em Teotihuacan. Algumas outras dicas: Museu Frida Kahlo, Museu do Templo Mayor, Basílica de Santa Maria de Guadalupe, Palácio Minería, Canais de Xochimilco, Museu de Antropologia e Mercado Revillagigedo.

Onde se hospedar: Hilton Mexico City Reforma
A apenas 15 minutos do aeroporto e colado no Paseo de la Reforma, o Hilton Mexico City Reforma está perto de quase tudo. Os apartamentos em todos os 27 andares possuem cafeteria e escritório e os serviços incluem spa, fitness center, banco, quadra de pádel, piscinas cobertas e ao ar livre e centro de convenções. Um bônus é a vista de algumas janelas dos andares mais altos. Veja mais da Cidade do México: http://bit.ly/2eGh9xm

Acapulco, México: esportes aquáticos e aventura
De volta às praias do Pacífico, a cidade de Acapulco é um dos destinos turísticos mais conhecidos do México e fica a apenas 40 minutos de avião da Cidade do México (307 quilômetros). Famosa pela baía de águas mornas, litoral com infraestrutura completa e parque aquático mais conhecido daquele país, o Mágico Mundo Marino. No local da “primavera eterna” é possível saltar de bungee jump, divertir-se no esqui e dezenas de outros esportes aquáticos, mergulhar, cavalgar, jogar golfe, flutuar no paraquedas puxado por barco, assistir os mergulhadores das colinas altíssimas de LA Quebrada... Bem, o que não é possível fazer em Acapulco e região?


Conseguindo tempo, escolha entre algumas das seguintes atrações para visitar: Mural Diego Riviera, Fuerte San Diego, Isla Roqueta, Playas Caleta y Caletilla, Zona Dorada, Pie de la Cuesta, Barra Vieja, Playa Condesa, Playa Icacos, Playa Tamarindos, Parque Aquático Mágico Mundo Marino, Playa El Revolcadero, Bahía Puerto Marqués, Lagoa de Três Palos, Museu Histórico, sítio arqueológico de gravuras rupestres de Palma Sola.
Para os que gostam de compras, ainda há a possiblidade de visitar Taxco, 272 quilômetros ao norte de Acapulco. A “cidade da prata”, como é conhecida, abriga joalherias e lojas dedicas à indústria deste mineral (há mais de 300 no local), uma delas e a prateria La Mina,  na esquina das ruas Cuauhtémoc e Miguel Hidalgo, onde também se pode encontrar um excelente mercado de artesãos para voltar com a mala cheia de suvenires.


Onde se hospedar: Park Royal Acapulco
O Park Royal Acapulco fica localizado na zona mais privada do porto, oferecendo praia particular, piscinas que lembram oásis, solário, spa internacional, quartos com vista para o mar, restaurantes italianos e de frutos do mar e lobby bar com vista para a baía. Veja mais de Acapulco: http://bit.ly/2fyC42K.

Cancun, México: resorts luxuosos e água cristalina
Última sugestão de feriado prolongado no México, mas desta vez com praias no Atlântico, o balneário de Cancun apresenta águas mornas e límpidas em tom turquesa contrastando com as areias branquíssimas. A infraestrutura para receber os turistas de todo o mundo é muito avançada há vários anos, não há do que reclamar no atendimento local. Ao redor da imensa Lagoa Nichupte ficam os melhores restaurantes, lojas e casas noturnas, sendo possível passear de barco por ali, visitar as pequenas ilhas e as enseadas cheia de vida selvagem.


A lagoa é o ponto preferido para muitos turistas assistirem ao pôr do sol ou partir de uma marina local para a Isla Mujeres. Uma questão bem interessante de Cancun são os sítios arqueológicos das proximidades e as aventuras que se pode realizar em alguns deles, não tão conhecidos pelo público. Em poucos lugares nas Américas há uma quantidade de sítios tão alta e relevante, como as ruínas dos templos de Tulum; a pirâmide, templo, praça e campo de jogos de Chichén Itzá. O aquário natural de Xel-Há, o maior do mundo, também é um ponto forte.


Onde se hospedar: Park Royal Cancún
A localização do Park Royal Cancún é excelente e o resort oferece academia, sauna, massagens, spa, snack bar e restaurantes de especialidades, incluindo culinária italiana, internacional e mexicana, entre outras. Veja mais de Cancun: http://bit.ly/2eGtcKY.

Cusco, Peru: Patrimônio Cultural da Humanidade
Bem mais perto do Brasil, Cusco, além de suas próprias atrações, é a porta de entrada para as incríveis ruínas de Machu Pichu, datadas do século 13 e localizadas a 3,4 mil metros de altura, no topo da montanha com vistas incríveis em todas as direções. A cidade de Cusco é um Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco desde 1983 e uma visita ao local é uma passagem de volta ao reino cósmico da antiga cultura andina.


Ruínas ligadas por trilhas ou mesmo trens, com aldeias típicas de alta altitude pelo caminho, estão nos arredores do deslumbrante Vale Sagrado. Alguns exemplos de sítios arqueológicos são Kenko, Puca Pucara, Tambomachay and Sacsayhuaman. Procure visitar a Catedral, Plaza de Armas, Igreja San Blas, Templo do Sol, Mercado San Pedro, Museu Inca, Pedra dos 12 Ângulos e vários outros museus das redondezas. Vasos tradicionais e ponchos de lã de lhama são compras quase obrigatórias, apesar do preço alto do último item.
Importante lembrar que se deve evitar muito esforço, pois o ar é rarefeito e isso pode causar tonturas ou dor de cabeça desnecessárias em uma viagem de lazer. Se sentir tais sintomas, dê uma pausa e descanse até estar melhor para seguir em frente com calma. Quanto à comida local, nem todo mundo está acostumado aos temperos peruanos, então, por precaução, é uma boa levar alguns de seus remédios para o caso de haver algum desconforto.

Onde se hospedar: Hotel Midori
Este casarão colonial conta com apenas 24 apartamentos completamente equipados, incluindo banheira de hidromassagem. O Hotel Midori fica bem no centro histórico de Cusco e conta com restaurante de comida típica, lavanderia e internet.

Buenos Aires, Argentina: atrações para todos os gostos
A segunda metrópole desta lista de sugestões, Buenos Aires é um dos destinos mais acessíveis no que diz respeito à logística e investimento financeiro. Complexa, energética e sedutora, este pedaço da Europa na América do Sul atrai os brasileiros há décadas. Seja para passear e fazer compras em Recoleta ou visitar os vários parques, Casa Rosada, Teatro Colon ou Puerto Madero, não faltam opções na cidade para todos os gostos. Novamente, o máximo que podemos fazer em um espaço limitado é sugerir alguns highlights.


Tais como a parte antiga de Palermo, Palácio Barolo, apresentações de tango, museus diversos, Clube Atlético Boca Juniors e demais atrações do bairro La Boca, feira de antiguidades da Praza Dorrego, Museu Nacional de Belas Artes, Biblioteca Nacional, Basílica de Nossa Senhora do Pilar, Museu de Arte Moderna, Olebisco, Planetário Galileu Galilei, Jardim Botânico... Apenas para constar, Buenos Aires tem mais casas de apresentação cultural do que Nova York, além de 3 mil restaurantes, então planeje o que fazer com antecedência.

Onde se hospedar: Park Royal Buenos Aires
O Park Royal Buenos Aires fica no centro da capital portenha, a uma quadra da Plaza San Martín e perto, também, do centro financeiro e de Porto Madero. Bares, restaurantes, teatros, cinemas, galerias de arte e centros comerciais luxuosos são todos acessíveis a pé. Veja mais de Buenos Aires: http://bit.ly/2fgMyVJ.

Púcon, Chile: para os amantes na natureza
Púcon é uma opção para os amantes da natureza, pois é rodeado de lagos, rios, parques nacionais e águas termais.  A cidade é famosa pela grande quantidade de atividades ao ar livre que oferece e um simples passeio pelos bosques tem vista para os cones nevados do Vulcão Villarrica, cujo lago e cavernas também podem ser visitados e, o próprio vulcão, escalado. Uma grande atração é a ciclovia que percorre o caminho internacional até o centro e, a área urbana, é o local de muitos restaurantes, shoppings, cassinos e espetáculos.


Sugestões: trilhas, rafting, equitação, observação de pássaros, pesca, golfe, mountain bike na Serra Nevada, termas, Parque Nacional Huerquehu, Parque Nacional de Villarrica, Morro Quelhue, bosque de coníferas, Ojos del Caburga, Lago Caburga, Santuário el Cañi, Queda d’Água El Leon, Los Tres Saltos, excursão de barco, Hammams e banhos turcos, esqui aquático.

Onde se hospedar: Bosques de Puerto Púcon
Espalhado por 115 hectares, as vilas dos Bosques de Puerto Púcon ficam próximas ao Rio Trancura. A estrutura conta com 3 piscinas, casa clube, área para churrasqueiras, quadra de tênis e playground. Todas as vilas são rodeadas por jardins.
Eduardo Abbas. Tecnologia do Blogger.