TURISMO - Trilhas na República Tcheca

Para turistas experientes no destino ou mesmo novatos, aqui vão algumas rotas de trilhas na República Tcheca que  podem despertar o espírito aventureiro de cada um

Texto e fotos: CCCR — CzechTourism

Sabia que a República Tcheca tem uma das mais extraordinárias sinalizações turísticas do mundo? Na República Tcheca, e também em outros países europeus, diz-se que onde há um tcheco há um músico. Mas também deve ser dito que onde há um tcheco, há um turista. Por quê? Porque caminhada é uma tradição secular do país. A beleza natural das montanhas tchecas, aldeias mineiras, vales profundos e bosques  ainda mais profundos atraem a passeios curtos e longos. E não há com que se preocupar  com a orientação do caminho porque a sinalização  turística da República Tcheca é uma das mais elaboradas do mundo.


As primeiras sinalizações turísticas da República Tcheca surgiram no final do século XIX. Desde então as rotas turísticas, com pequenas interrupções vão aumentando continuamente. Atualmente estão trabalhando na sinalização turística de uma antiga área militar chamada Brdy, situada não muito longe de Pilsen (Plzeň), que, até hoje, não havia sido pisada por turistas.


Pelas cristas das montanhas
É certo que se pode passar o dia todo em rotas turísticas das montanhas mais populares do País: Krkonoše, localizada na fronteira da República Tcheca e  Polônia.  Há dois tipos de caminhos verdes nas montanhas de Krkonoše: O primeiro leva ao cume da montanha  Sněžka,  a mais ala da República Tcheca. Pode-se chegar ao cume passando pelo vale de Obří důl,  com magníficas vistas panorâmicas. Quem tem menor condicionamento físico pode subir ao alto da  Sněžka com o  teleférico de Pec pod Sněžkou.
A nascente do rio Elba representa o segundo ponto forte das montanhas de Krkonoše. O rio, que flui pela Boêmia do leste e do norte e continua pela Alemanha até o mar do Norte, tem sua nascente  no campo do Elba  (Labská louka). É possível chegar lá  a partir de Horní Misecky, complexo desportivo famoso, localizado perto de Spindleruv Mlyn, onde os turistas menos experientes podem chegar ao seu destino por teleférico.
Especialistas em turismo de alta montanha recomendam uma rota específica na República Tcheca pelas montanhas Jeseníky, que fazem parte das mais belas em todo o país.


A tranquila natureza vinícola
As rotas do vinho poderiam ter seu próprio capítulo no livro dedicado ao turismo de trilhas na República Tcheca. Os passeios ao longo da natureza tranquila da Morávia do Sul representam a antítese das dramáticas  caminhadas através das montanhas. Uma caminhada por Pálava  leva à metrópole de vinho de Mikulov com seu popular Monte Santo (Svatý Kopeček). Depois de completar esse caminho virão as ruínas românticas de Sirotci Hrádek. Durante o passeio,  o ambiente agradável da Morávia do Sul e, claro, excelentes vinhos que podem ser  provados  em uma  de suas adegas.


Na companhia de rios e lagos
Quem visitar o Sul da República Tcheca encontrará paisagem pitoresca e densos bosques em  Šumava. Aqui também  se recomenda dezenas de rotas como, por exemplo  os lagos de Černé jezero y Čertovo jezero, que encantam os viajantes. Ambos se ocultam num profundo bosque, onde não é possível chegar de carro. É uma beleza a ser descoberta a pé.
Ficando um pouco mais em Šumava, a recomendação é a rota pelo rio Vydra. Sua calha tranquila torna-se dramática quando passa através de áreas pedregosas e cachoeiras e é um excelente companheiro durante as excursões em busca da beleza de Šumava.
Eduardo Abbas. Tecnologia do Blogger.