LANÇAMENTO: Toyota Yaris, não existe nada igual

O novo carro da montadora japonesa tem cara e conceito completamente novos no mercado, vai dar trabalho

Texto: Eduardo Abbas
Fotos: Toyota

O que todos os concorrentes temiam, aconteceu. Era uma questão de tempo os samurais de Aichi mostrarem sua força e colocar no mercado de automóveis do Brasil uma das suas mais belas criações, um carro que ganhou nome pelo que realmente transmite quando se trocam os primeiros olhares. Yaris é uma mistura da deusa grega “Charis” (símbolo de beleza e elegância) com o “ya” do alemão e que significa “sim”, chegar e surpreender era obrigação, não se trata de mais um daqueles lançamentos que muitas montadoras tratam como “vamos ver o que acontece”, ele veio para brigar muito por essa fatia do mercado.


Eu fui gentilmente convidado para participar da chegada deste que é um automóvel realmente novo em questão de design, não é aquele tipo de carro que você olha no espelho e não consegue identificar qual é o modelo, leva o DNA da marca, mas tem identidade de frente e verso próprias. O Yaris é um carro global da Toyota, o desenho elegante e moderno é criado pela forma como os faróis se conectam diretamente a partir da grade dianteira, tem linha de cintura elevada na lateral e a traseira, principalmente do hatch, não tem nada semelhante no mercado nacional.


As generosas dimensões (4.145 mm de comprimento (4.425 na versão sedã), 1.730 mm de largura, 1.490 mm de altura e 2.550 mm de distância entreeixos) estão de tal maneira harmoniosamente distribuídas que parece tratar-se de um carro com carroceria menor, isso inclusive fica claro no tamanho do porta-malas, na versão hatch ele é de 310 litros e no sedã, 473 litros. A preocupação com o conforto e a durabilidade podem ser resumidos no novo sistema de suspensão, frontal e traseiro, que tiveram a altura elevada em 13 mm em comparação com o projeto global do Yaris e ainda tem eixo de torção com barra estabilizadora.


A parte mecânica já é uma velha conhecida, os motores são os famosos 1.3L Flexfuel, Dual VVT-i DOHC de 16 válvulas, 101 cv, torque de 12,9 kgfm com etanol e 94 cv e 12,5 kgfm com gasolina e o 1.5L Flexfuel, Dual VVT-i DOHC de 16 válvulas, 110 cv, torque de 14,9 kgfm com etanol e 105 cv e 14,9 kgfm com etanol, ambos são encontrados no Etios e que tiveram um pequeno upgrade para equipar o Yaris, eles ainda contam com sistema ETCSi de abertura da borboleta do acelerador para corrigir acelerações desnecessárias. O que esses japoneses espertinhos fizeram também foi utilizar duas transmissões já consagradas: a manual de 6 marchas que é a mesma do Etios e a automática Multidrive CVT utilizada no Corolla.


O conceito do Yaris tem cinco pontos importantes:
  • Design avançado e emocional – tanto a versão hatch como a sedã indica a próxima geração no segmento B Premium;
  • Conforto expansivo – interior espaçoso com ausência do túnel traseiro e assoalho completamente plano;
  • Dirigibilidade e silêncio a bordo – Rodar silencioso e macio;
  • Eficiência dinâmica – foi ainda mais aprimorada no Yaris;
  • Tecnologia e Segurança – Controle de estabilidade e tração para todas as versões e sete airbags na versão topo de linha.
A Toyota deu a impressão que agora vai partir para o ataque de forma mais radical e competitiva, a chegada do novo modelo em duas versões de carroceria eleva no nível de competitividade com os seus concorrentes no segmento, segundo informou o presidente Rafael Chang, a intenção é que o atual lineup atinja a marca de 200.000 carros produzidos e vendidos até o fim do ano e cabe agora ao Yaris uma fatia bem grande, são esperadas 32.800 vendas do novo modelo até dezembro, 55% hatch, 45% sedã, 95% automático e 5% manual.


Então, já que apresentaram e colocaram os devidos pingos nos “is”, vamos testar o novo modelo? O Test Drive consistia em rodar em trecho urbano, rodovia e uma aventura um pouco mais radical no Kartódromo Internacional Granja Viana, que fica próximo de São Paulo. A opção foi por um modelo disponível e que a Toyota acredita será um dos mais vendidos: o hatch XL 1.3L 16V CVT, é o quase de entrada.


Logo de cara já dá para notar que os bancos mesmo de tecido oferecem conforto e “abraçam” o motorista, eles contam ainda com apoio de braço central e tem uma boa graduação na regulagem do encosto. O painel de instrumentos é lindo, têm display LCD de 2.7”, três mostradores circulares que reúnem as informações de bordo: o do lado direito mostra o termômetro do motor e o indicador de combustível, o da esquerda exibe o conta-giros, enquanto no do meio é possível visualizar o velocímetro e o computador de bordo, com funções de hodômetro parcial A e B, consumo de combustível instantâneo e médio, autonomia, velocidade média e intensidade de brilho do painel.


A partida do Yaris é feita com chave presencial e botão Start / Stop, mas nesta versão não existem os Paddle Shift para trocas manuais, elas são feitas mesmo na alavanca do câmbio. Dirigir na cidade no trânsito pesado é muito confortável, a direção eletroassistida progressiva (EPS) faz o carro ficar sempre na mão e os recursos eletrônicos (controle de estabilidade (VSC), tração (TRC) e assistente de partida em rampa (HAC)) garantem que não vão existir sobressaltos mesmo em situações de emergência.


O silencio e conforto interno permitem desfrutar de acessórios que são colocados desde a versão de entrada: ar-condicionado digital, vidros dianteiros e traseiros com acionamento elétrico por um toque, travas elétricas, faróis com regulagem elétrica, faróis de neblina, retrovisor interno eletrocrômico e freios com sistema ABS de última geração com distribuição eletrônica de frenagem (EBD). O Cruise Control também é item de série e junto com a função Eco Driving permite que se dirija de forma econômica e eficiente.


Depois de alguns minutos de ruas e avenidas, chegou a hora de pegar a rodovia, a escolhida é a Raposo Tavares em um curto trecho urbano com velocidade máxima de 90 km/h. O modelo 1.3 na cidade é muito eficiente, não faz muitas trocas de marchas e mantêm sempre os giros baixos, isso impacta muito na economia de combustível e no conforto e silêncio que são as características mais fortes do Yaris, já na estrada a conversa é outra.


Com o aumento da velocidade, as trocas se tornam mais constantes, ele quer logo engatar a 7ª e proporcionar uma viagem de cruzeiro mais suave, mas nas retomadas ele volta mais de uma marcha na procura para manter a velocidade, programada ou não, que lhe é imposta naquele momento. Não que isso impacte fortemente na economia e autonomia, a lâmpada ECO sempre esteve acesa na maior parte do percurso, mas acredito que a versão do motor 1.5 essa “reação” seja menor e talvez o consumo total apresente números mais baixos.


Navegar com o Yaris dá ao motorista e passageiros uma sensação única de prazer e conforto, o acabamento sofisticado e funcional facilita muito a vida de quem dirige ou apenas pega carona. A central multimídia tem comandos no volante e tela de 7” sensível ao toque com funções de rádio AM/FM, MP3, entrada USB, conexão auxiliar Bluetooth®, Toyota Play+, sistema que permite espelhamento de aplicativos por meio da tecnologia SDL e com tecnologia Harman e navegador Tom Tom para sistemas operacionais IOS e Android e Waze para sistema IOS.


Na pista do Kartódromo foi possível avaliar o nível de ajuda eletrônica que ele coloca à disposição, a sopa de letras garante, mesmo em um traçado que é voltado a carros menores, uma perfeita condução mesmo em situações extremas. Tudo funciona perfeita e harmoniosamente e as retomadas que são feitas com o câmbio na função mais esportiva deixam a impressão de se tratar de um carro com motorização maior. Fiz um teste de freada para confirmar a informação da fábrica, a melhor calibração dos freios proporciona uma curva de frenagem mais suave e melhor controle. Em testes de laboratório, aos 100 km/h, para atingir a completa imobilidade, o Yaris percorre 50,5 metros, a melhor marca de sua categoria.


O Yaris é apresentado nas seguintes versões

Modelo
Versão
Preço público sugerido
Toyota Yaris
hatchback 2019
XL 1.3L 16V manual
R$ 59.590,00
XL 1.3L 16V CVT
R$ 65.590,00
XL Plus Tech 1.5L 16V CVT
R$ 69.590,00
XS 1.5L 16V CVT
R$ 74.590,00
XLS 1.5L 16V CVT
R$ 77.590,00
Toyota Yaris
sedã 2019
XL 1.5L 16V manual
R$ 63.990,00
XL 1.5L 16V CVT
R$ 68.690,00
XL Plus Tech 1.5L 16V CVT
R$ 73.990,00
XS 1.5L 16V CVT
R$ 76.990,00
XLS 1.5L 16V CVT
R$ 79.990,00

Têm as cores Branco Polar (sólido), Branco Perolizado, Cinza Cosmopolita, Prata Lua Nova, Prata Premium, Preto Infinito, Vermelho Super (sólido) e a nova e exclusiva, Azul Titã, linha de acessórios genuínos por mais de 40 itens e garantia de três anos quando vendidos e instalados em uma concessionária Toyota, está no Ciclo Toyota, tem financiamento e 3 anos de garantia.


A versão hatch já vai estar disponível nas concessionárias a partir do dia 28/06 e a sedã depois da Copa do Mundo, mas já dá pra conhecer e reservar no site da Toyota esse que sim, vai desfilar alegremente pelas ruas do Brasil, sim, vai dar trabalho para a concorrência, sim, vai colocar os automóveis fabricados por aqui em um patamar muito mais alto, sim, o Yaris chegou para ser sucesso e por isso a campanha: Yes, Yaris.


Ficha Técnica

Acessórios

Galeria de Fotos
Toyota Yaris
Eduardo Abbas. Tecnologia do Blogger.