FÓRMULA 1: Grande Prêmio da Inglaterra: Treinos Livres


  • As mais rápidas voltas de Silverstone com a configuração atual, com força nas curvas superior a 5G;
  • O piloto da Mercedes, Valtteri Bottas, conseguiu no segundo treino livre com pneus Supermacios um tempo mais rápido que a pole do ano passado;
  • Uma grande quantidade de pneus selecionados, muitas estratégias possíveis e a incerteza do clima agitam as posições.

Texto e fotos: Pirelli

O primeiro dia de treinos em Silverstone com a nova geração de carros com carga aerodinâmica extra e pneus mais largos, resultou em uma performance nunca vista antes em no atual circuito de Silverstone, com carros, pilotos e pneus submetidos ao máximo a carga lateral de mais de 5G e velocidades superiores a 280 km/h.


O piloto da Mercedes, Valtteri Bottas, usando o P Zero Red fez o tempo mais rápido em FP2 em sua estréia na corrida de Silverstone, superando a volta mais rápida do fim de semana do ano passado (conseguida no Q2) em mais de 0,7 segundos.
As equipes selecionaram uma série de escolhas de pneus bastante diferentes e hoje avaliaram o desgaste e a degradação de cada composto com quantidades de combustível bem diferentes, isso foi essencial para determinar com quais jogos de pneus elas deve optar, de acordo com o regulamento, para o treino de classificação e a corrida.
As condições meteorológicas permaneceram frescas com tempo encoberto, a temperatura ambiente não foi além dos 18 graus e a do asfalto 24 graus. Essas condições são esperadas para o resto do fim de semana e onde também existe a possibilidade de chuva.

Mario Isola, líder de competições de veículos da Pirelli: "Embora as equipes escolheram alguns tipos bastante diferente de pneus antes da corrida, é provável que elas optem por jogos semelhantes para a classificação e a corrida. Uma coisa que nós verificamos é que as velocidades, por causa da carga aerodinâmica e pneus mais largos, são maiores e sem precedentes neste ano. O Supermacio fez sua primeira aparição no fim de semana e definiu o tempo recorde da pista com Bottas. Até agora, este composto é cerca de 0,7 segundos mais rápido por volta do que o macio. Se o tempo permanecer seco amanhã - o que é dúvida - podemos esperar que os tempos sejam menores e que devem cair ainda mais ainda na classificação".

Treino Livre 1 - 3 melhores tempos

Treino Livre 2 - 3 melhores tempos

Treino Livre 1 - melhor tempo por composto

Treino Livre 2 - melhor tempo por composto

Maior quantidade de voltas por composto

Estatísticas dos pneus no dia
*O número acima dá a quantidade total de quilômetros percorridos nos TL1 e TL2 de hoje com todos os pilotos.
** Por composto, todos os pilotos.

Pressões mínimas recomendadas
Eduardo Abbas. Tecnologia do Blogger.