FÓRMULA 1: Treinos Livres do GP do Azerbaijão de Fórmula 1


  • Superfície escorregadia no primeiro treino livre e a temperatura baixa no segundo caracterizaram o dia;
  • Cerca de um segundo de diferença entre os compostos macio e supermacio até o momento em uma superfície em rápida evolução;
  • Achar o equilíbrio correto no aquecimento dos pneus dianteiros e traseiros é a chave para fazer tempos rápidos em Baku.

Texto e fotos: Pirelli

As temperaturas do ambiente e da pista foram, obviamente, mais baixas hoje no segundo treino livre (TL2) no final da tarde do que no TL1 no circuito de rua de Baku. Aliada a uma superfície de asfalto lisa e escorregadia proporcionou maior desafio durante os treinos livres. À medida que os pilotos procuravam o limite, algumas raspadas nos muros aconteceram, assim como saídas para as áreas de escape.


Como sempre, espera-se que a aderência melhore a medida que mais borracha é deixada na pista durante o fim de semana. A diferença atual entre os compostos macio e supermacio, de cerca de um segundo, provavelmente também cairá amanhã.

Mario Isola, líder de competições de veículos da Pirelli: "Como esperado em qualquer circuito temporário, foi um início especialmente escorregadio em Baku com a pista ainda muito ‘verde’ e com superfície lisa. O layout desta pista é um teste para a tração em particular, com os pneus traseiros fazendo todo o trabalho. Além disso, há apenas curvas curtas em Baku, o que significa que os pneus dianteiros são menos estressados e, também, que esfriam nas longas retas entre essas curvas. Consequentemente, encontrar a configuração correta para garantir o melhor equilíbrio entre a temperatura do pneu dianteiro e traseiro é essencial para um desempenho forte aqui - como vimos na Rússia, Mônaco e Canadá também - e foi nisso que grande parte do trabalho de hoje ficou concentrado. Ao analisar os dados dos treinos livres, temos que ter em mente, também, que a pista irá evoluir ainda mais à medida que o fim de semana continuar."

Treino Livre 1





1.Verstappen
 1m44s410
Supermacio novo



2.Ricciardo
 1m44s880
Supermacio novo



3.Vettel
 1m44s967
Macio novo




Treino Livre 2




1.Verstappen
 1m43s362
Supermacio novo


2.Bottas
 1m43s462
Supermacio novo


3.Ricciardo
 1m43s473
Supermacio usado


Treino Livre 1 – Melhor tempo por composto
Médio
Verstappen
1m46s454
Macio
Vettel
1m44s967
Supermacio
Verstappen
1m44s410
Treino Livre 2 – Melhor tempo por composto
Médio
Massa
1m46s343
Macio
Verstappen
1m43s894
Supermacio
Verstappen
1m43s362
Stints mais longos por composto (voltas)
Médio
Ricciardo, Verstappen
11 voltas
Macio
Ocon, Raikkonen
22 voltas
Supermacio
Bottas, Massa
25 voltas
Estatísticas de hoje dos pneus:
Médio
Macio
Supermacio
kms percorridos *
336
2.628
2.868
Jogos de pneus usados **
15
41
35

* Quantidade de quilômetros percorridos, por todos os pilotos, nos treinos livres 1 e 2.
** Por composto, somados todos os pilotos.
Eduardo Abbas. Tecnologia do Blogger.