TURISMO: Em maio começa a temporada de tartarugas marinhas no Caribe Mexicano

A fase de reprodução vai até outubro

Texto e fotos: Consejo de Promoción Turística

Está chegando a temporada de nidificação de tartarugas marinhas. A partir de maio, ao longo da costa caribenha do México - Cancun, Riviera Maya, Isla Mujeres, Cozumel, Isla Holbox e alguns outros destinos -, as praias começarão a receber a ilustre visita de tartarugas marinhas que chegam para depositar seus ovos.


O nascimento das tartaruguinhas demora de 45 a 60 dias, e é a partir de então que os filhotes travam uma verdadeira luta pela vida para saírem das cápsulas e conseguirem caminhar até o mar sem serem pegos por predadores.


Essa fase de reprodução vai até outubro, coincidindo com alguns meses de grande fluxo de turistas na região. Por isso, se for visitar os destinos do Caribe Mexicano nessa época, saiba que é preciso tomar alguns cuidados para garantir uma coexistência altruísta com a espécie e com a natureza de forma geral.


A Organização Flora, Fauna y Cultura orienta a população e os turistas a melhor forma de curtir a praia de forma sustentável, por meio de seu programa de conservação. Confira algumas dicas:
  • As tartarugas colocam os ovos na areia durante a noite para dificultar a visibilidade dos predadores, então, evite a praia depois que o sol se pôr.
  • Não jogue lixo. Nessa época e em nenhuma outra. As tartarugas podem ficar presas em sacolas ou se machucar.
  • Viu alguma tartaruga em apuros? Procure ajuda imediatamente. Peça orientação no hall do seu hotel.
  • Use protetor solar biodegradável para não contaminar a água.

Você ainda pode ter contato com essas criaturinhas tão amáveis. Procure um guia e faça uma excursão pelos "campos de tartarugas". Cada visitante pode ajudar um filhote no seu caminho de volta ao mar, sentindo a incrível e emocionante sensação de segurar uma tartaruga que cabe na palma da sua mão mexer suas nadadeiras em um enorme esforço para se locomover antes de serem deixadas à beira-mar. Viva para acreditar.

Eduardo Abbas. Tecnologia do Blogger.