ABRACICLO: Produção de Bicicletas Registra Queda de 1,9% no Primeiro Trismestre de 2017

No entanto, no comparativo mensal, houve crescimento de 15,6% e 6% contra fevereiro e março de 2016

Texto e fotos: SD&Press Consultoria

Nos primeiros três meses de 2017, a produção de bicicletas somou 146.097 unidades, volume que representa leve queda de 1,9% frente ao mesmo período do ano passado, com 148.959, segundo dados divulgados pelas associadas à ABRACICLO, Associação Brasileira de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares, que possuem fábricas instaladas no Polo Industrial de Manaus – PIM.


Na comparação mensal, saíram das linhas de produção 59.649 bicicletas em março, o que representa crescimento de 15,6% e 6%, contra fevereiro, com 51.599, e o mesmo mês do ano passado, com 56.280, respectivamente.
“A evolução da produção de bicicletas no Polo Industrial de Manaus, em março, começa a refletir a intensificação dos investimentos das fabricantes para atender ao crescimento da demanda nacional por produtos de maior valor agregado e contando com uma recuperação na base de consumo a partir do 2º semestre de 2017. Desta forma, o setor já sinaliza a possibilidade de alcançar a projeção de crescimento de dois dígitos na produção deste ano ante 2016, devendo alcançar um patamar entre 750 e 800 mil bicicletas”, afirma João Ludgero, vice-presidente do Segmento de Bicicletas da Abraciclo.

Importações e Exportações
A importação de bicicletas apresentou recuo de 23% no primeiro trimestre de 2017, totalizando 29.653 unidades, ante 38.526 registradas em período similar do ano passado, conforme dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) analisados pela Abraciclo.
As bicicletas importadas para o mercado brasileiro no período foram produzidas basicamente na China (22.562), que sofreu queda de 35,5%, Taiwan (2.876) e Camboja (2.177 unidades).
As exportações de bicicletas produzidas no Brasil, por sua vez, totalizaram 676 unidades no primeiro trimestre, aumento de 307,2% ante volume de 166 unidades em igual período de 2016, segundo a análise da entidade com base nos dados do MDIC. As exportações do mês tiveram como destino Angola (660) e Bolívia (16).
Eduardo Abbas. Tecnologia do Blogger.