TURISMO: Vamos à Acapulco

Destino de sol e praia com aura de agitação urbana

Texto e fotos: Consejo de Promoción Turística

O destino já foi point preferido de muitas celebridades hollywoodianas, como Elizabeth Taylor e Frank Sinatra, durante a década de 50. Atualmente, o destino visa voltar ao seu auge, atraindo grandes eventos, como o Tianguis Turístico 2017- feira de turismo que que acontece esse ano de 27 a 30 de março e reúne as novidades dos destinos mexicanos, juntamente com grandes nomes nacionais e internacionais da indústria. Com excelente infraestrutura e atrações turísticas, Acapulco se destaca por sua natureza e também por sua aura urbana - afinal o balneário é um dos principais portos do México no Pacífico.


Versátil, o visitante encontra aqui festa e badalação ou dias de descanso com o pé na areia. Combinar os dois talvez seja a melhor opção. Os visitantes encontram opções de bares animados, restaurantes descolados e tudo ligado à vida noturna, com vista para o mar do Pacífico. Durante o dia, surf, mergulho, água de coco, espreguiçadeiras e alguns tacos, claro, para acompanhar.
Para aventura e esportes há lagos, ilhas, estuários e florestas para explorar. Acapulco também encontra-se no rol dos destinos de golfe mais seletos do mundo.  Na hora de ir às compras, o visitante tem a opção de ir aos mercados tradicionais onde vendem artesanatos, alimentos e produtos regionais; ou aos centros comerciais com produtos e roupas mais elegantes, que se assemelham aos centros comerciais estadunidenses.
Um espetáculo típico do destino e que você não pode perder, é apresentação do Clavadistas de Acapulco. Eles armam um verdadeiro espetáculo saltando do penhasco La Quebrada, a uma altura de 45 metros, e caindo em uma região do mar onde a profundidade é de apenas quatro metros. Todos os dias há cinco apresentações, mas as mais arrepiantes são as noturnas, porque os clavadistas se jogam com uma tocha em cada mão. É possível apreciar os saltos em um mirante público, em troca de algumas moedas para os profissionais ao fim do espetáculo. Mas a melhor vista é a do clube La Perla, onde são cobrados ingressos.

Eduardo Abbas. Tecnologia do Blogger.