FÓRMULA E: Fórmula E volta à Cidade do México com o ePrix Julius Baer 2017

Buemi aposta na quarta vitória consecutiva e di Grassi tentará se recuperar de sua exclusão na classificação final do ano passado no México

Texto e fotos: FIA Formula E

O ePrix Julius Baer na Cidade do México – no dia 1º de abril – marca o retorno da série de corridas elétricas com carros de um único assento 2016-17 na cidade, depois de sua estreia eletrizante no ano passado.


Sebastien Buemi (Renault e.dams) entrou para a história, durante a corrida em Buenos Aires em fevereiro desse ano, tornando-se o primeiro piloto da Fórmula E a vencer três corridas consecutivas e neste sábado (1º de abril), ele tentará a quarta vitória.


Com mais de 2.500 metros de altitude, a versão personalizada e mais curta da pista do Autodromo Hermanos Rodriguez - que já recebeu corridas da Fórmula 1 e da World Endurance Championship (WEC) em temporadas anteriores - é a mais alta já utilizada na Fórmula E e uma das mais altas do mundo.
Os fãs mexicanos têm um motivo a mais para se alegrar este ano, já que o herói nacional Esteban Gutierrez vai estrear na Fórmula E, juntando-se a TECHEETAH pelo resto da temporada. Seu companheiro de equipe, Jean-Eric Vergne, finalmente conseguiu destacar o potencial da equipe na última rodada na Argentina depois de uma excelente sessão de qualificação, finalizando a corrida em segundo lugar, à frente de Lucas di Grassi (ABT Schaeffler Audi Sport).
Logo após conquistar sua primeira pole position, di Grassi vai tentar se recuperar de sua exclusão na classificação final do ano passado no México, após um de seus carros ter ficado abaixo do limite mínimo de peso, faltando 1,8 kg.


No ePrix da Cidade do México de 2016, o vitorioso foi Jerome D'Ambrosio (Faraday Futuro Dragon Racing), que dessa vez quer ganhar por mérito, se conseguir se livrar do companheiro de equipe Loic Duval. A dupla ficou bem equilibrada nas últimas corridas e trocaram golpes em Buenos Aires, com Duval levando a melhor.


A Fórmula E é um evento imperdível, mas alguns dos pilotos - Buemi, Jose Maria Lopez (DS Virgin Racing) e Stephane Sarrazin (Venturi) - vão perder a sessão de shakedown na sexta-feira, devido a compromissos com testes para a WEC. Buemi espera que isso não gere uma desvantagem, mas para os outros pilotos poderá ser uma chance para avançar sob o líder do campeonato, freando sua quarta colocação consecutiva. 
“Correr no Campeonato FIA Formula E inicia um novo capítulo na minha carreira pelo qual esperava muito. Os fãs mexicanos são os melhores no mundo e com o apoio deles esse com certeza será um fim de semana especial. Participar de uma série tão competitiva como essa, sem um teste prévio, será um desafio, mas a TECHEETAH provou que eles contam com um carro de alto potencial e forte, então, juntos, faremos o nosso melhor para ter um fim de semana de grande impacto. Convido todos os meus fãs mexicanos para estarem conosco durante a corrida, esse é um evento imperdível!", afirma Esteban Gutierrez – piloto da TECHEETAH.
Eduardo Abbas. Tecnologia do Blogger.