Audi A4 2.0 Ambition, o teste da semana

Com uma enorme cavalaria embaixo do capô e uma eficiência energética impressionante, o modelo é para quem sonha com potência e economia

Texto: Eduardo Abbas
Fotos: Audi

Desde que comecei a admirar carros, a minha predileção sempre foi por modelos esportivos ou aqueles que tinham uma enorme usina de força colocada milimetricamente no espaço destinado ao motor. Fui fã de modelos como o Ford Maverick GT e o Dodge Charger RT, coupés que tinham como característica o enorme V8 aspirado embaixo do capô e uma cavalaria de respeito: o Maverick 197 cv chegava a 182 km/h e o Charger com 215 cv e máxima de 180 km/h.


Um belo dia a mecânica resolveu ter um relacionamento muito sério com a eletrônica, os novos componentes desenvolvidos na construção tanto da carroceria quanto das partes mecânicas tiveram filhos mais fortes, eficientes e muito mais “nervosos” que seus antepassados se compararmos com o que existe hoje em dia, e com a adição do turbo tudo que antes era exclusividade de motores gigantes e beberrões ficou reduzido a um tamanho compacto e econômico.


O melhor exemplo dessa nova geração é o Audi A4 2.0 Ambition, um sedã dos mais modernos da montadora alemã, modelo topo de linha e que produz 252 cv e tem velocidade máxima de 250 km/h, limitada eletronicamente. Isso mesmo, limitada, porque se abrir a porteira só Deus sabe onde pode chegar. Eu testei essa jóia da engenharia (mecânica, eletrônica, ergonômica, aerodinâmica, comunicação, etc.) durante uma semana e tive a sensação que a saudade das imensas “barcas” vai ficar apenas restringida aos museus ou donos que os exibem com placas pretas.


Claro que esse jovem precisa se alimentar descentemente, o Audi A4 2.0 Ambition usa somente gasolina e claro, o conselho é para que a mesma seja da melhor qualidade, assim você pode usufruir plenamente do motor 2.0 TFSI com 252 cv de potência e 370 Nm de torque, disponíveis entre 1.600 e 4.500 rpm, ele vai 0 a 100 km/h em 5,8 segundos, tem transmissão S tronic de sete velocidades e dupla embreagem e o sistema de tração integral permanente quattro. Note que diminuíram os cilindros (agora são 4), aumentaram os cavalos e a velocidade final ficou absurdamente alta.


Dirigir na cidade é um enorme prazer, as rápidas e quase imperceptíveis trocas de marchas fazem com que ele trabalhe sempre em um regime de rotação muito baixa, com isso auxilia no consumo de combustível que não é exagerado diante de tudo que o carro oferece: segundo dados do computador de bordo, a média foi de 7,5 km/l. Mas o que encanta é o conceito do Audi Virtual Cockpit, uma tela de instrumentos de TFT (Transistor Film Technology) totalmente digital com 12,3 polegadas que mostra as informações mais importantes por meio de brilhantes gráficos de alta resolução, com grande detalhamento e efeitos sofisticados aliado ao Head-up Display que é a projeção da velocidade e outras informações no pára-brisa.


Já na rodovia, em direção à Atibaia, interior de São Paulo e utilizando a Fernão Dias, dá para perceber logo de cara que o Audi A4 2.0 Ambition é um enorme papão de asfalto. Não tem tempo ruim, utilizando-se do Cruise Control logo atinge a velocidade da estrada e no trecho mais sinuoso que é feito em subida o carro se comporta sem nenhuma reclamação. A variação de velocidade em alguns pontos e o traçado antigo permite uma avaliação melhor nas entradas e saídas das curvas, despejar potência nas curtas retas e frear em locais menos amistosos ao motorista.


O conforto interno durante a viagem feita com três pessoas é um ponto muito alto, Audi drive select auxilia quando se usa a velocidade cruzeiro em modo econômico (Efficiency) ou mesmo a função mais nervosa (Dynamic) e ainda tem mais três outros modos de condução (Comfort, Automatic e Individual) caso nenhuma das duas agrade. Por dentro, na sala de estar que é o Audi A4 2.0 Ambition, ar-condicionado automático de três zonas, teto solar elétrico, sistema MMI com navegação, Bluetooth e Smartphone integration, sensores de luz e chuva, ajuste elétrico do banco do motorista, proporcionam uma viagem tranqüila e econômica, segundo o computador de bordo, a média de consumo em rodovia ficou em excelentes 11,3 km/l.


O preço sugerido é salgado, R$ 244.000 em compensação a Audi ainda oferece uma enormidade de serviços: Audi Class Service, Audi Service Express, Consórcio Premium Plan, Acessórios Audi, Audi Finance, 100% Audi, 100% Service, Preço Revisão Audi, Audi CarLife Plus e claro, test drive, aquele momento em que você certamente deve levar junto alguns amigos para poderem tirá-lo de dentro do carro depois de experimentar essa maravilha mecânica do século XXI.


Ficha Técnica

Eduardo Abbas. Tecnologia do Blogger.