TURISMO: Os Spas tchecos e seus famosos visitantes

Sabe onde reis, imperadores, compositores e famosos poetas iam descansar? Era ali mesmo, nos spas da Morávia e Boêmia, até hoje disputados por quem quer férias especiais

Texto e fotos: CCCR — CzechTourism

Quem estiver pensando em férias com relax total num balneário e estiver em dúvida qual escolher, a escolha certa será um dos spas da Morávia ou Boêmia de qualidade reconhecida e longa tradição. Entre seus famosos clientes frequentes estavam figuras famosas como Ludwig van Beethoven, Frédérik Chopin, Johann Wolfgang von Goethe, Petr I, a imperatriz Sissi e o primeiro presidente checoslovaco Tomáš Garrigue Masaryk.


Eles visitaram os spas da Boêmia várias vezes. Vinham em busca de tranquilidade e bom ambiente. Os spas Karlovy Vary, Mariánské Lázně ou Luhačovice eran e são lugares onde vale a pena estar.

Spas de Boêmia do Oeste como cura para corações partidos
Graças à sua localização, os spas da  Boêmia do Oeste, parte do triângulo de spas, tiveram um importante papel na historia da República Tcheca e competem por  um lugar entre os representantes tchecos na lista da UNESCO. Também tiveram um papel importante no destino de um compositor e de um  poeta. São eles Frédéric Chopin e o escritor alemão  Johann Wolfgang von Goethe. Ambos utilizaram a atmosfera balneária dos spas da Boêmia do Oeste, para se recuperarem de seus corações partidos.
Frédéric Chopin visitou Mariánské Lázně para poder estar perto de sua amada, a jovem artista Maria Wodzinska. Por mais de um mês ficou esperando por ela no pitoresco balneário rodeado de bosques até que, finalmente, os país de Maria acertaram um casamento por conveniência e Chopin ficou com o coração partido. Mariánské Lázně por sua vez, celebra um ilustre visitante com um monumento e um festival anual de música em homenagem a Chopin. O compositor polonês não foi o único a passar um bom tempo em Mariánské Lázně. Na lista de visitantes ilustres estão ainda Franz Kafka, Sigmund Freud e Thomas Alva Edison.
Johann Wolfgang von Goethe amava tanto os spas da Boêmia do Oeste que até pensou na possibilidade de se mudar para seu principal centro, Karlovy Vary. Impressionado pela maneira como a natureza se transformava em cidades cheias de celebridades da época e de cultura, Gothe visitou Karlovy Vary treze vezes e passou por lá três anos de sua vida, além de ter visitado também Teplice, Františkovy Lázně o Mariánské Lázně. Foi precisamente neste último balneário que conheceu seu amor, Ulrike von Levetzow, de 17 anos. Sua história de amor, no entanto, foi truncada pela mãe de Ulrike, que impediu os sonhos românticos do poeta que, na ocasião tinha 72 anos. Sem o desejado “final feliz”, Goethe morreu dez anos mais tarde tendo, no entanto, se beneficiado dos spas da Boêmia do Oeste, que  é indicado também para sêniores.


Karlovy Vary atrai celebridades até hoje. Mais do que relaxar, nos últimos dez anos a Cidade abriga famosos durante o Festival Internacional de Cinema, o maior evento  cultural do gênero  que acontece no mês de julho, a cada ano. Estiveram por lá, recentemente, Richard Gere, Sharon Stone, Antonio Banderas, Renée Zellweger, Oliver Stone, Jamie Dornan e muitos mais.

Triângulo de spas e estilo de vida saudável
Ludwig van Beethoven foi uma das pessoas que visitaram os spas da Boêmia do Oeste com finalidades de cura. Em  Teplice esteve se tratando da surdez, o que não foi um impedimento para trabalhar dali nas suas 7ª e 9ª sinfonias. Beethoven também visitou Karlovy Vary  para aumentar seu tamanho, onde hoje há um monumento em sua honra - um dos mais bonitos do mundo em homenagem ao compositor.
O Czar russo Pedro I - O Grande também visitou Karlovy Vary com fins curativos. A primeira vez em 1711 e a segunda em 1712 quando surpreendeu os habitantes locais por seus esforços físicos. Numa ocasião, ajudou durante um dia todo, alguns trabalhadores na construção do "Dum U Páva", onde há um painel em sua memória. Outra vez subiu até o mirante "Jelení skok" em um cavalo em pelo. Quem visita Karlovy Vary, verá a considerável altura da colina.
A popular imperatriz austríaca Sissi também fortaleceu sua condição física nos spas da Boêmia do Oeste. Famosa por sua beleza e figura elegante, para a qual se esforçava, fazia longas caminhadas e passeios a cavalo e as florestas que cercam a região proporcionavam uma excelente oportunidade. Comenta-se ainda que a pequena Sissi, nesses passeios, tinha grande vantagem sobre seu guarda costas – não que tentasse fugir – sendo difícil de ser seguida por seu ritmo agitado e agilidade, esquivando-se de qualquer obstáculo.


Spas na Morávia
Na Morávia, a oeste da República Tcheca, também há varias opções para se desfrutar da atmosfera balneária. Como Luhačovice, a “crème de la crème” da sociedade da Tchecoslováquia na época da Primeira República. Um dos representantes é o primeiro presidente tchecoslovaco, Tomáš Garrigue Masaryk, que também fez ali uma reunião internacional. O famoso arquiteto Dušan Jurkovič, que deu às suas pitorescas casas formas fantasticamente únicas, também visitou Luhačovice. Assim como o famoso compositor tcheco Leos Janacek ou o popular comediante Vlasta Buria.
Eduardo Abbas. Tecnologia do Blogger.