Toyota fecha acordo de pesquisa colaborativa para criação de sociedade baseada no hidrogênio nos Emirados Árabes Unidos

Mirai, modelo equipado com tecnologia de célula de combustível a hidrogênio, iniciará testes no país a partir de maio deste ano

Texto e fotos: Toyota

A Toyota Motor Corporation e a Masdar, companhia nacional de energia de Abu Dhabi (EAU), uma das maiores do mundo neste ramo de atuação, em parceria com o distribuidor de veículos Al-Futtaim Motors, fecharam, recentemente, acordo colaborativo para formatação de um programa de pesquisa em prol da exploração do uso potencial de energia proveniente de hidrogênio nos Emirados Árabes Unidos.


A principal premissa deste acordo é incentivar a cultura de sociedade sustentável e com baixa emissão de carbono. Como parte do programa, a Toyota iniciará testes demonstrativos de rodagem e reabastecimento do Mirai, modelo equipado com tecnologia de célula de combustível a hidrogênio, a partir de maio deste ano naquele país, ao passo que também instalará uma estação de abastecimento na mesma época.
A fabricante de veículos realizará uma série de testes de direção sob calor extremo, ambiente poeirento e outras peculiaridades climáticas e ambientais proporcionadas pela região. A Toyota também fornecerá arrendamentos de curto prazo para instituições governamentais dos Emirados Árabes, além de formadores de opiniões, a fim de promover uma melhor compreensão do funcionamento de um veículo movido à célula de combustível, com intuito de difundir o conceito principal das sociedades que têm como base o hidrogênio.
“Os Emirados Árabes Unidos possuem um vasto potencial para expansão da produção de hidrogênio. O país apresenta capacidade excedente em instalações e estações localizadas nas refinarias de petróleo e a expertise para produzir hidrogênio como subproduto proveniente da soda cáustica, sem contar o potencial de geração de energia por meio das mega centrais de energia solar”, declarou Takeshi Uchiyamada, Chairman da Toyota Motor Corporation.
"À medida que o governo continua promovendo novas iniciativas e buscando a criação de uma sociedade baseada no hidrogênio, os Emirados Árabes Unidos serão capazes de emergir como líder mundial da próxima geração de energias limpas", acrescentou Uchiyamada.
Considerada principal nação produtora de petróleo, os EAU têm se tornado altamente dependente da commodity em sua indústria de base. O governo local lançou uma nova agenda nacional, denominada “Visão dos Emirados Árabes Unidos 2021”, que busca promover a qualidade do ar, a expansão do uso de energias limpas, com o fim de tornar o país líder mundial em qualidade de infraestrutura. O programa de pesquisa colaborativa entre as empresas explorará o potencial uso de hidrogênio na cidade de Masdar, construída por meio de princípios de design sustentável, destacando-se com um apelo urbano totalmente envolvido pela sustentabilidade.
O anúncio foi realizado durante a abertura da Semana da Sustentabilidade em Abu Dhabi, que conta com diversas conferências voltadas para o compartilhamento de ideias e planos que suportem o cumprimento das exigências do Acordo Climático de Paris e da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável ao elencar soluções práticas e inovadoras em políticas, investimentos, tecnologia e parcerias, com foco em medidas governamentais e privadas.

Desafio Ambiental 2050
Em 2015, a Toyota também lançou o seu Desafio Ambiental 2050, que direciona a companhia para uma atuação constante no desenvolvimento de sociedades sustentáveis. A fabricante listou uma série de iniciativas para cumprir os principais desafios ambientais no seu segmento de atuação, incluindo a redução de até 90% na emissão de CO2 em carros novos, entre outras atividades.
Eduardo Abbas. Tecnologia do Blogger.