ESPECIAL RALLY DAKAR: Loeb volta a vencer no Dia 5. Um dia cortado pela metade

Peugeot continua fazendo 1,2, 3 na Geral, mas agora com Peterhansel à frente

Texto: Carlos Lua
Fotos: Dakar / DPPI


Pierre Corneille foi um dramaturgo francês (1606-1684) considerado um dos três grandes do século 17. Ele dizia “Vencer sem riscos traz triunfo sem glória”, a vitória desta 6ª feira de Loeb foi um pouco fruto da sorte, do menor número de erros que cometeu e ao fato da especial ter sido encerrada (mau tempo, chuva e condições impossíveis no caminho até Oruru) com apenas 219 dos 438 km reservados para cronometragem.


Sem as dunas do trecho final a especial foi decidida pela navegação e a dupla Loeb / Elena no Peugeot #309, mesmo tendo mais de 6 minutos de vantagem logo no início titubeante de muitos, acabou ainda 44 segundos à frente de Nani Roma / Haro Bravo Toyota #305. Mas com certeza ela não estão nem aí para o que achava Corneille!


O resto da Equipe Peugeot segue na liderança geral agora com Peterhansel / Cottret #300 e em 3º com Despres / Castera #307 à frente da Toyota #305 que um dia antes estava 10 minutos atrás e agora diminuiu para 5 minutos a diferença) e do Mini #303 de Hirvonen / Perin que foi outro que andou se perdendo na imensidão do Altiplano Boliviano.


Não foi um dia nada fácil para dupla brasileira Sylvio Barros / Rafael Capoani no MINI #339, que terminaram em 29º e caíram para 14º na geral. Em dia tão especial podem considerar mais esse ponto positivo para a dupla que mostrou que também sabe navegar.


Mas para levantar mais alto a nossa bandeira lá estava outra vez a dupla do Polaris #351 Leandro Torres / Lourival Roldan! Chegaram em 2º na especial, mas assumiram a ponta na geral. Com 2h 30m de vantagem para o 2º colocado o título (inédito para o Brasil) no Dakar está amadurecendo a olhos vistos. Como diria Mario Quintana (assim mesmo, Mario sem acento) “Um bom poema é aquele que nos dá a impressão de que está lendo a gente... e não a gente a ele!” É isso que está acontecendo com esse poema maior que é o Dakar e a sua relação com a dupla Leandro e Lourival.


Entre as motos vitória do inglês Sam Sunderland na KTM #14, que agora assume a liderança na geral. Nunca vi categoria para mudar mais de líderes, cada dia tem um novo!  Para os brasileiros, destaque para o Ricardo Martins Yamaha #164 com o 32º tempo e subiu para 66º na geral.  Richard Fliter Honda #159 fez um bom 54º tempo e agora é 57º na geral. Gregório Caselani Hinda #158, sempre sofre mais ao ser alcançado pelos carros terminou em 101º e é 99º na geral.
Nos caminhões o holandês Gerard De Rooy no seu IVECO #500 venceu de novo e assumiu a liderança na geral perseguido pela matilha KAMAZ que está a 2m36 s (#505), 6m36 (#513) e 16m32 (#501).
A Etapa do Dia 6 que deveria levar o pessoal neste sábado até La Paz foi cancelada devido ao mau tempo. Ficam valendo então dois dias de descanso antes de retornarem à disputa na 2ª feira. Até lá!


Classificação Geral dos Carros na Soma das Cinco Etapas

Eduardo Abbas. Tecnologia do Blogger.