FÓRMULA E - Equipe Renault e.dams fica mais perto da conquista do campeonato com vitória do ePrix de Berlim

A Renault e.dams fez um excelente ePrix em Berlim, com uma vitória convincente de Sébastien Buemi e uma bela classificação para Nico Prost, que terminou em quarto, aumentando a vantagem da equipe contra seus principais rivais na conquista pelo campeonato

Texto e fotos: Renault

Com o desfecho da oitava perna da temporada, Séb também terminou a prova com apenas um ponto de diferença em relação ao líder do campeonato de pilotos.


Séb largou na primeira fileira em segundo lugar, com seu companheiro de equipe Nico quatro posições atrás. Ambos fizeram uma excelente largada, com Séb assumindo a liderança e Nico conquistando também uma posição, terminando a primeira volta em quinto. Apesar de perder a liderança para o pole Jean-Eric Verne mais tarde na primeira volta, Séb logo conseguiu recuperar a posição uma volta depois, liderando a corrida de forma espetacular graças a uma gestão eficiente do consumo de energia.
Com uma troca de monoposto Renault Z.E. 15s sem inconvenientes para os dois pilotos, Séb voltou a liderar a corrida e Nico conquistou mais uma posição, subindo do quarto para o terceiro lugar. Séb continuou a prova sem grandes ameaças, com exceção da batalha acirrada ocorrida logo após uma intervenção tardia do carro de segurança. Mas ele se manteve firme e passou pela bandeira quadriculada em primeiro lugar, consolidando sua terceira vitória e também a da equipe nesta temporada da Fórmula E.
Enquanto isso, Nico se envolveu em uma batalha pelo terceiro lugar logo depois de trocar de carro, brigando incansavelmente com Daniel Abt e Lucas di Grassi, o atual líder do campeonato, até que este último conseguiu fazer uma manobra rápida. Nico quase chegou ao pódio e terminou em quarto.
A Renault e.dams começou bem os treinos classificatórios para o ePrix de Berlin na manhã de sábado. Séb fez o melhor tempo nos primeiros treinos não classificatórios, fazendo uma volta completa em 57,648 s. Mas nem tudo correu tão bem, pois ele teve uma asa dianteira danificada durante a segunda sessão.  Já Nico foi o quarto mais rápido na primeira sessão, mas assim como Séb, não conseguiu fazer uma volta rápida no último treino.
Nico conseguiu fazer o melhor tempo do grupo na segunda sessão de treinos com uma volta quase impecável, já que quase saiu da pista na última curva fechada. Na 4ª sessão de treinos, Séb fez a melhor volta, mas não conseguiu a Superpole por apenas 0,016 s. Apesar de dar o melhor de si, o piloto deixou de marcar a melhor volta da corrida por apenas 0,142 s.

Comentários de Nico, nº 8: “Foi uma excelente corrida e eu batalhei bastante durante toda a prova! Fiquei muito decepcionado com os treinos classificatórios, pois acho que o meu ritmo poderia ter me levado à Superpole ou até mesmo à pole, mas largar atrás acabou fazendo a prova mais interessante. Briguei com Jean-Eric Vergne por um bom tempo e não poderia cometer qualquer erro, pois os pontos são muito importantes para a equipe. No final, consegui passar, mas Lucas di Grassi veio com tudo, principalmente depois da bandeira amarela. Eu não conseguiria mantê-lo por muito tempo atrás de mim, pois precisava economizar minha própria energia. Teria sido muito bom poder chegar ao pódio, mas mesmo assim dei um bom resultado para a equipe. Agora, não vejo a hora de chegar a Londres. Meu início de temporada foi difícil, mas acho que podemos pensar em um terceiro lugar no campeonato de pilotos se eu tiver melhores resultados nas duas últimas provas – e é nisso que estou focado agora”.

Comentários de Sébastien, nº 9: “Não sei expressar como estou feliz com este resultado. Acumulei muitos pontos para o campeonato e isso é muito importante, pois preciso ficar focado e manter este ritmo nas duas últimas provas. Ultrapassei JEV no início, mas estava consumindo muita energia e pensei que teria que recuar, pois se você consome muito nas primeiras voltas você tem que pagar por isso nas próximas 15. O JEV conseguiu se recuperar, mas depois de quatro ou cinco voltas ele teve que começar a economizar de novo e foi aí que tive uma chance de passar. Consegui aumentar a diferença, mas depois segurei um pouco para tentar economizar energia de novo e partir para a volta mais rápida, mas acabei não conseguindo. Depois tentei de novo a volta mais rápida com o segundo carro, mas no final não consegui, então essa foi minha decepção do dia. A atuação do carro de segurança colocou tudo em risco, mas felizmente consegui ficar firme para terminar com a vitória. Temos que comemorar este resultado, pois a equipe trabalhou duro como nunca e fez um trabalho fantástico, mas eu já estou com a cabeça em Londres e em tudo o que temos que fazer”!

Comentários de Vincent Gaillardot, Líder de Projetos da Renault Sport: “Este fim de semana foi absolutamente fantástico! Trabalhamos muito durante os testes após Paris para entender nossa performance e estarmos mais bem preparados para esta corrida. Correu tudo bem e nos classificamos melhor ainda, mesmo se tudo não foi exatamente perfeito. Sabíamos que tínhamos ido bem nas corridas, mas precisávamos voltar às primeiras posições do grid – e foi isso que conseguimos fazer neste fim de semana. A corrida correu sem problemas em termos de confiabilidade e, por isso, estamos de volta à briga! Agora, a final em Londres vai ser realmente emocionante”...

Comentários de Jean-Paul Driot, Líder Sênior da Equipe: “Vencer é sempre um bom resultado, mas este foi especial, pois lutamos muito por isso. Os dois carros provaram sua eficiência e nenhum dos dois pilotos cometeu erros, portanto estamos 100% satisfeitos. Tivemos muitos problemas no México, em Long Beach e até mesmo em Paris, por isso estávamos todos sob muita pressão. Quando você está sob pressão você perde um pouco de confiança e isso pode mexer com o equilíbrio na equipe. Para ser muito eficiente, uma equipe tem que estar com a cabeça fria e confiante, e acho que agora conseguimos isso. Os resultados ficaram dentro do que esperávamos para esta corrida e eu não posso pedir mais do que isso. A conclusão é que estamos de volta à briga – e é assim que deveríamos ter estado o tempo todo”.

Comentários de Alain Prost, Líder Sênior da Equipe: “No geral, foi um fim de semana muito bom. Sempre queremos mais, mas hoje tivemos um resultado fantástico para a equipe. Estamos muito felizes e os pilotos fizeram um excelente trabalho. Nas duas últimas corridas, nossa performance foi média e fizemos tudo o que estava ao nosso alcance para estabilizar a equipe. Fizemos testes, todos trabalharam muito bem juntos e chegamos aqui muito motivados para atingir um bom resultado. Não tem sido fácil fazer tudo certo na Fórmula E. Os treinos têm sido difíceis e foi muito estressante saber que seria extremamente importante fazer um bom resultado para vencer os dois campeonatos. Sabemos que a equipe Abt vai chegar com tudo em Londres, mas agora temos uma vantagem um pouco maior no campeonato. Nossa meta continua sendo vencer os dois campeonatos e vamos manter isso em mente nas próximas semanas”.

A Renault e.dams, Sébastien e Nico estarão novamente em ação para a nona e décima perna da temporada, terminando o Campeonato 2015/2016 da FIA de Fórmula E, durante o ePrix FIA Visa de Londres de Fórmula E, no Battersea Park, nos dias 2 e 3 de julho.
Eduardo Abbas. Tecnologia do Blogger.